Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \31\UTC 2010

Pode ser que a equipe da Selfridges, em Londres, não tenha se inspirado nas fotos de Tim Walker, mas quando batemos os olhos nessa vitrine, logo nos lembramos da foto com os vestidos iluminados, pendurados nas árvores. Ótimo domingo!

Vitrine da Selfridges

"The Dress Lamp Tree" (2002)

Fonte: The Cool Hunter, Tim Walker

Read Full Post »

A assustadora vitrine de Stella McCartney

…UM FINAL DE SEMANA COM MUITAS GOSTOSURAS E TRAVESSURAS!

Fonte: An Other Magazine (via twitter)

Read Full Post »

JOGO DOS SETE ERROS

A vitrine com a foto no cavalete

A foto

 A Fendi fez uma brincadeira interessante na vitrine de uma das suas lojas: reproduziu em seu interior a ambientação captada em uma foto, que encontra-se presente na própria vitrine, apoiada num cavalete. Dá até para brincar de jogo dos sete erros, não?

Fonte: The Window Shopper

Read Full Post »

Todo mundo adora um espelho. Chegamos a parar e conferir nosso visual em frente a qualquer superfície que mostre nosso reflexo: vidros de carro e de vitrines, colunas espelhadas… Deixando de lado as críticas sobre o culto à imagem, lembramos dos globos espelhados que vivem aparecendo aqui e ali, servindo de inspiração para muitas coisas legais. De obras de arte aos estranhos modelitos de Lady Gaga, os espelhos estão com tudo.

O vestido de Lady Gaga é um tributo aos globos espelhados

Absolut Disco - precisa dizer mais alguma coisa?

Escultura do artista Anish Kapoor

Luminárias de Tom Dixon

Manequim da MiuMiu

Detalhes do manequim da MiuMiu

Antes da MiuMiu, a Galeries Lafayette, em Paris, já trabalhava com manequins espelhados

Fotos: Apartment TherapyWashington Post, Wasted Talent, When Smoke Gets In Your Eyes, The Window Shopper

Read Full Post »

Selecionamos um algumas fotos e deixaremos para vocês decidirem se é tendência ou coincidência. Have fun!

1 – GIGANTISMO

Depois de alguns posts e muitas fotos, percebemos que várias marcas resolveram aderir à versão super size de alguns elementos em suas vitrines, exteriores e até interiores (dependendo da área do ponto comercial). Chamar atenção é pouco: as cenografias gigantes também trabalham os elementos-chaves das marcas, que fazem parte do seu DNA.

Elementos gigantes na Chanel,Stella McCartney e Hermès

 

2 – FIAT LUX – LÂMPADAS

Mostramos aqui uma instalação linda em Londres, toda feita com lâmpadas gigantes, e algumas lâmpadas com shapes diferentes. E adoramos ver as lâmpadas tradicionais no interior da flagship store da C&A, em São Paulo. Também achamos bem curiosa uma luminária que consiste numa lâmpada gigante. Basta pendurar no teto de casa e pronto!

Luminária em forma de lâmpada gigante, instalação com lâmpadas gigantes em Londres e iluminação especial no pop-up shop da flagship store da C&A

 

3 – NEON LIGHT

As cores neon voltaram com o revival dos ’80s e continuam por aí, só que agora pontualmente. Contudo, a luminosidade e o destaque dessas cores continuou através dos elementos feitos em neon que aparecem em vitrines e interiores, em diversas lojas nacionais e internacionais. A Reserva Mini e a Valen já adotaram, assim como as vitrines da flagship store da C&A. Mais neon em vitrines aqui e aqui.

Neon no interior da Reserva Mini e nas vitrines da Maison Martin Margiela, Nina Ricci e Valen

 

4 – GIGANTISMO + NEON

Amou toda a luminosidade e as cores do neon, mas sua vitrine é enorme e você precisa de algo bem impactante? Que tal unir os dois elementos numa cenografia só? Abaixo alguns exemplos de elementos tamanho gigante feitos em neon ou LED (uma alternativa mais sustentável) e o combo dos dois, separadamente.

LED ou neon nas vitrines da Gucci e da Louis Vuitton e os dois elementos, separadamente, na vitrine da Agent Provocateur

 

5 – REPETIÇÃO

A repetição de elementos nas vitrines é um recurso bem antigo e parece que voltou com tudo nos últimos anos. Assim como acontece com os acessórios (principalmente com os anéis e pulseiras, que atualmente são usados em todos os dedos e nos dois pulsos, em grande quantidade), os manequins e elementos cenográficos podem (e devem) ser repetidos quando queremos causar impacto visual, chamar atenção ou transmitir um conceito importante ao consumidor. Podem ser vários manequins em cores diferentes ou iguais, várias fotos que formam um pano de fundo ou displays especiais que brincam com a própria marca. Mais é mais e mais é tudo!

Manequins da TopShop, displays da Crocs e fotos enormes na vitrine da Bergdorf Goodman

Read Full Post »

Acontece hoje, no Shopping Morumbi (SP), a inauguração da flagship store da marca norte-americana Original Penguin, que surgiu nos anos 50, nos Estados Unidos, de uma maneira muito curiosa: durante um passeio por Nova Iorque, Abbot Pederson, um dos fundadores da marca, se deparou com uma vitrine repleta de pinguins empalhados. Comprou um. O tal pinguim serviu de inspiração para a logo da marca, que surgiu depois de um brainstorm em uma mesa de bar.

Símbolo da marca norte-americana, o pinguim aparece em versão metálica com iluminação que lembra neon, confirmando mais uma vez a tendência do uso de neon em vitrines e interiores

 

A fachada da flagship store no Shoping Morumbi, que inaugura hoje

Com inspiração inicial no golfe, a marca acabou conquistando figuras masculinas importantes, gente como Frank Sinatra, Ronald Reagan e Richard Nixon. Entre as celebs atuais que já apareceram com a logo do pinguim, Brad Pitt e Johnny Depp. Sempre associada sportswear americano, foi a primeira a fazer camisetas pólo no estilo golf t-shirt, na década de 60.

Objetos vintage, associados ao uso de madeira no interior, ajudam a criar um clima intimista e reforçam o espírito "preppy" da marca

A grife ficou um tempo meio off. Voltou a cena em 2001 com Chris Kolbe, ex-gerente de marketing da Urban Outfitters. O estilo é preppy, o retrô americano inspirado nas roupas dos colegiais. A Original Penguin traz uma linha de camisas com detalhamento exclusivo nos punhos, t-shirts com desenhos bem humorados, paletós com ares vintage, calças clássicas com corte moderno e acessórios contemporâneos.

O visual merchandising segue o padrão das lojas internacionais e explora bastante os nichos em madeira e araras nas laterais e as mesas expositoras centrais, com reforço do ícone da marca ao fundo, bem iluminado

Cabides personalizados de madeira - um charme a mais!

As peças da grife já eram vendidas em 50 pontos aqui no Brasil, e também na internet. Agora, com a primeira flagship store no Shopping Morumbi, devem aumentar a profusão dos pinguinzinhos. A loja mantém a decoração padrão no mundo inteiro, estilo cinquentinha.

Texto e fotos: Site RG

Read Full Post »

Lady Dior, o modelo de bolsa mais popular da Maison Dior, comemora 15 anos e ganha destaque nas vitrines da Le Bon Marché, na França. Lembrando que esse ano ela já ganhou um super destaque ao servir de tapume para a loja Dior em Nova Iorque, enquanto o interior passava por reformas. Joyeux Anniversaire!

Fotos: Mes Vitrines NYC

Read Full Post »

Older Posts »