Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \28\UTC 2011

Que tal uma marca que declara em seu próprio site que seus objetivos são encorajar e inspirar, mas, acima de tudo, simplesmente fazer seus clientes felizes? Essa é a alemã Happy Shop, em Berlim.

Fachada da Happy Shop, em Berlim

A inspiração para o desenho da loja veio de uma caixinha de jóias e seu interior e exterior são projetados com linhas muito simples, muita madeira e de uma maneira que permite muitas variações ao longo do tempo, de coleção a coleção, se for o caso. E o mais legal é que a loja vende, além das criações de sua dona (Mischa Alexandra Woeste), várias outras marcas bem descoladas.

O que mais nos chamou atenção foram as araras presas ao teto, com muitas roupas coloridas. Será que funcionam na prática? Na teoria nós adoramos, adoramos!

O projeto da loja é do escritório Fingerle & Woeste.

Read Full Post »

Que tal pegar dicas de make com os manequins de marcas famosas?  Tremenda fonte de inspiração para quem curte maquiagem!

Vitrine Prada: manequins com detalhe metalizado nos olhos

Vitrine Topshop: manequins com cabelos volumosos, descoloridos e uma explosão de cores nos olhos

Manequim com cabelos coloridos, boca vermelha e cílios em destaque

Make quase carnavalesco na BHV

Parece que a tendência dos manecos decorados (fizemos uma brincadeira sobre o assunto aqui) vai mesmo se confirmar!

Fotos: Modelizing, The Window Shopper, Journal des Vitrines

Read Full Post »

Os animais estão em várias vitrines por aí: Louis Vuitton, Anthropologie, Hermès, Bonpoint, etc. Parece até que a tendência de animal print passou para as vitrines, que resolveram mostrar a “fonte de inspiração” dessas estampas que tanto amamos!

E quando conferimos as fotos do interior da loja I.T Beijing Market (uma parceria entre a gigante do varejo de Hong Kong I.T e a marca Commes des Garçons) quase gritamos de tanta emoção: mais animais, só que dessa vez, no interior da loja. Sim, esculturas gigantescas no interior da loja que vende todas as linhas da marca Comme des Garçons e ainda tem corners com produtos Rick Owens, Dior Homme, Martin Margiela, Visvim e Thom Browne.

Acreditamos que essas esculturas de animais como parte do VM da loja só podem ser idéia da querida Rei Kawakubo, que prega a teoria do beautiful chaos (definitivamente, tudo isso dentro de uma loja é lindo, mas deixa o ambiente meio “caótico”, não é?).

Confiram!

Passarinhos

Elefante

Pelicano

Para quem não curte muito o mundo animal, separamos alguns detalhes que são igualmente lindos e merecem destaque.

Violoncelos gigantes no meo da loja

Parede cheia de canecas

Detalhe da parede acima. Que fofura!

Fonter: Superfuture, Hypebeast

 

Read Full Post »

Último post da semana “referência ou coincidência?“: balões na vitrine da Galeries Lafayette em dezembro de 2010 e na vitrine da H&M, em fevereiro de 2011.

Vitrine Galeries Lafayette

Detalhe dos balões carregando frascos de perfume

Vitrine da H&M

Fotos: Journal des Vitrines e Mes Vitrines NYC

Read Full Post »

Coisas preciosas e colecionáveis sempre são guardadas em caixinhas aveludadas ou protegidas por redomas de vidro. O mesmo acontece com os produtos expostos nas vitrines abaixo: são verdadeiras preciosidades que, felizmente, podem ser suas (basta ter alguns milhares de dólares). A utilização de redomas de vidro também cria um clima de “gabinete de curiosidades“, com frascos, vidros e livros empoeirados que escondem segredos prontos para serem revelados.

Que tal essas "cúpulas" da D.L. & Co.?

Será que ainda veremos muitas redomas pelas vitrines?  Por enquanto, a Saks Fith Avenue e a Bottega Veneta já apostaram nessa tática.

Sapatos na vitrine da Saks

Vitrine Bottega Veneta

Fotos: D.L. & Co., Modelizing e The Window Shopper

Read Full Post »

Já pensou em ter muitos ambientes em um só, de acordo com o seu humor ou com a sua coleção, sem precisar gastar fortunas para redecorar ou construir?

Ontem falamos aqui sobre a parede que pode mudar de cor a cada dia, graças aos triângulos giratórios que permitem várias combinações. Hoje descobrimos o trabalho do estúdio Mr. Beam , que consiste na utilização da tecnologia de mapeamento 3D para transformar um espaço totalmente branco numa enorme área de projeção, criando diferentes texturas nos móveis, paredes e chão com apenas dois projetores.

A sala, totalmente branca

A mesma sala, com a projeção de texturas/cores

Para entender melhor como funciona, basta assistir o vídeo abaixo. Simplesmente maravilhoso! Ficamos aqui sonhando com a aplicação dessa tecnologia dentro de uma loja ou numa vitrine: chegaria ao fim o drama de vitrines que não podem ser alteradas por semanas e que são montadas com peças únicas e também seria ótimo para mudar completamente o interior do ponto de venda a cada coleção, além de tornar os espaços comerciais mais amplos, pois se a tecnologia for utilizada para projetar vitrines, não haverá mais necessidade de reservar um espaço para elas nos projetos arquitetônicos.

E atenção: cadeias famosas de varejo, como a H&M, já apostaram na nova tecnologia. Basta conferir o vídeo abaixo para ver foi linda a inauguração da flagship store da marca na Holanda. Totalmente emocionante!

Uma tremenda aposta que, mais uma vez, nos agrada muito, mas pode tornar obsoleta a profissão de vitrinista e decretar o fim da parceria com arquitetos famosos na construção de interiores diferenciados. Fica a dica para reflexão…

Fonte: Adoro!

Read Full Post »

Certa vez fizemos um post sobre a importância de repensar alguns espaços comerciais totalmente mal aproveitados (para ler mais, clique aqui), como óticas, que vendem produtos caríssimos e sempre têm aquele aspecto confuso, sem nenhuma personalidade, até porque, muitas vezes, acabam vendendo muitas marcas e produtos.

Achamos, então, uma loja dedicada ao segmento de óculos que joga uma luz quando o assunto é merchandising visual de óticas. Adoramos a loja da Kirk Originals em Londres, que mistura instalação com displays divertidos e inovadores.

Interior da loja, com displays em forma de olhos

Vitrine da flagship store em Londres

Estamos apaixonadas por esses displays!

Foram 187 displays em forma de rostos, com decoração minimalista para garantir que o foco seja mesmo na linha de óculos. O espaço para exames oftamológicos e área para provar os modelos fica no subsolo da loja, de apenas 66 metros quadrados. Prova de que podemos unir um VM super criativo, que não deixa dúvida sobre o produto vendido no ponto de venda, com a parte mais dedicada às vendas.

Fotos: Wallpaper, Tasarim Depo, The Cool Hunter

Read Full Post »

Older Posts »