Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Tecnologia & Inovação’ Category

Todo mundo se lembra do vídeo da campanha de outono-inverno 2011/2012 da Lanvin que virou febre na rede, né?

O projeto foi tão bem recebido que as vitrines da marca, em Paris, foram inspiradas no vídeo. Além de televisões nos quais podemos assistir a divertida campanha non-stop, manequins em duplicidade e cheios de movimento parecem repetir a coreografia.

Fotos: Reprodução

Read Full Post »

A marca de água mineral Contrex inovou ao anunciar seu produto ao público feminino. Assista ao vídeo abaixo e divirta-se com essa maravilhosa campanha de marketing!

Essa foto já revela que a ação foi muito divertida,né?

Contrex é uma marca de água mineral que pertence ao grupo Nestlé desde 1992 e faz parte da companhia de água mineral Vittel, que inclui outras marcas, como Vittel e Hépar. Sua fonte está localizada em Contrexéville, na França, e foi descoberta pelo Dr. Bagard, médico-chefe de Luís XV. Sua característica principal é o alto índice de sais minerais e seu poder diurético, que ajudam a remover resíduos das cavidades renais, bem como do trato urinário.


Read Full Post »

Inaugurado no dia 7 de outubro deste ano, o projeto temporário denomidado Sensorium: An Immersive Journey Through Lucid Dreams From the Sensory World, da marca Sephora, promete guiar os consumidores numa experiência de imersão através de sonhos lúcidos pelo universo sensorial.

No alto, à esquerda, a fachada da loja Sephora, divulgando o evento; nas demais fotos, detalhes de espaços que fazem parte da experiência sensorial

Localizada em NYC, a experiência em 4D consiste numa espécie de museu de fragrâncias e é fruto da colaboração entre Sephora e Firmenich. O objetivo, segundo a vice-presidente de marketing da Sephora, Sharon Rothstein, é fazer com que os consumidores pensem sobre as fragrâncias de uma maneira totalmente diferente. Para atingi-los, foi desenvolvida uma viagem interativa que viabiliza experimentar a influência das fragrâncias no cotidiano.

Objetos que remetem aos perfumes e materiais de uso cotidiano, como especiarias (muitas delas presentes nas fórmulas dos perfumes), fazem parte da decoração e colaboram para a experiência olfativa

Mais elementos do cotidiano exploram o link entre experiência olfativa e emocional

Tudo começa com uma linha do tempo que acompanha a evolução dos perfumes. Em seguida, num compartimento especial (denominado sensory deprivation chamber), o público escuta relatos de pessoas que perderam sua capacidade olfativa. Dando continuidade à experiência, as pessoas são envoltas em interações odoríferas e afetivas, que terminam no fragrance bar, onde é possível experimentar fragrâncias sem marca que ajudarão os envolvidos a descobrir sua identidade odorífera e seu signature perfum (alguns deles estarão à venda).

O fragrance bar, no qual cada pessoa pode descobrir seu perfume especial

O preço para participar dessa experiência é de US$ 15,00, reembolsáveis na forma de um gift card do mesmo valor da Sephora. O projeto ficará aberto ao público até 27 de novembro.

E para quem acha a idéia de fragrance bar muito inovadora, descobrimos que Jean Patou, no final dos anos 20, transformou o bar dentro da sua loja em Paris, destinado a servir coquetéis aos maridos que esperavam suas esposas durante longas provas de roupas, num mix de bar tradicional com fragrance bar, onde os clientes podiam provar coquetéis e perfumes, muitos deles inspirados em drinks famosos da época. Também era possível misturar seus próprios aromas, criando perfumes exclusivos. Uma experiência sensorial em plena década de 20 do século passado, quando nem se sonhava em explorar os sentidos através de ações de marketing.

Fotos: Reprodução

 

 

Read Full Post »

…existe alguém mais bela do que eu? Bem, com certeza você saberá a resposta se estiver experimentando a roupa numa loja que tenha o espelho abaixo. Ele não só reflete sua imagem, bem como faz uma captura em vídeo de seus movimentos e os reproduz, para que você possa conferir o look de todos os ângulos.

 

Read Full Post »

Somos fãs apaixonadas pelo programa da BBC, Secrets of the Superbrands, no qual o apresentador Alex Riley procura entender como determinadas marcas influenciam nossas escolhas e, em última instância, nossa vida. Quando falamos sobre Apple aqui, mencionamos o programa, dando destaque para o enfoque em neurociência (um grande fã da Apple, por exemplo, se submeteu a um exame de ressonância magnética que mostrou que as áreas do seu cérebro ativadas mediante a visão de produtos da gigante da tecnologia são as mesmas ativadas em pessoas religiosas quando diante de imagens sagradas).

A ótima notícia é que, finalmente, o programa ganhou um episódio totalmente dedicado ao universo das marcas de luxo, com depoimentos de grandes nomes da indústria da moda, marketing e áreas afins, como Dana Thomas (autora de Deluxe – Como o Luxo Perdeu o Brilho  – nós recomendamos!) e Ted Polhemus (grande antropólogo americano que mora e trabalha em Londres e autor de livros fundamentais sobre streetstyle, interferências corporais, etc), entre outros.

Gostamos tanto do programa que tínhamos que fazer um post sobre o assunto. Para não estragar a surpresa, não vamos revelar mais nada sobre os episódios abaixo, mas garantimos que além de informações incríveis sobre marketing, branding, psicologia, neurociência e negócios relacionados ao mundo da moda, também é uma ótima forma de nos fazer refletir e questionar certos comportamentos.

Have fun!

Read Full Post »

O designer francês Goron Arnold acaba de fechar uma nova parceria com a estilista Isabel Marant. O primeiro encontro da dupla aconteceu em 2009, quando o designer confeccionou asas angelicais que adornavam os manequins. O trabalho artesanal encantou a todos e foi o início de uma parceria que renderia grandes projetos para vitrines.

Asas angelicais nos manequins flutuantes

Pequenas placas foram adicionadas uma a uma, formando as asas

Pela foto, temos a noção da quantidade de placas necessárias para o projeto

Em 2010, um novo projeto consistiu numa escultura inflável magnífica que tomou conta das vitrines da marca de Marant. Parecendo uma nuvem ao redor dos manequins, a escultura deu destaque à vitrine aberta.

Em outubro de 2010, a primeira parceria da dupla Goron + Marant

Em seguida, fomos surpreendidos por um conjunto de cabeças suspensas, esculpidas em isopor e pintadas nas cores da coleção. O mais interessante é que o designer desenvolveu um mecanismo que movimentava as esculturas em velocidades diferentes, conferindo dinamismo ao projeto (assista ao vídeo abaixo).

As cabeças suspensas fizeram muito sucesso!

 

 

A última novidade da dupla são estruturas moleculares que se movem ao redor de manequins. Como todos os projetos anteriores, esse também pode ser visto nas lojas Marant em Paris, NYC, Pequim, Beirut e Madri.

Estruturas moleculares móveis

 

 

Fotos: Fashion Windows, Blog La Estampa, The Number 4, Design Boom

 

Read Full Post »

O elemento surpresa é sempre uma excelente estratégia de merchandising visual. Entrar num ambiente esperando por uma determinada experiência (ou até mesmo não esperando nada) e ser surpreendido por algo totalmente inusitado por render uma agradável reação dos clientes e mesmo dos funcionários. Sabemos que umas das funções do merchandising visual é ajudar a vender um determinado produto através do seu posicionamento no interior de uma loja, mas achamos que esse conceito deve ser expandido: o merchandising, ao lado do marketing sensorial, deve ajudar a vender uma idéia, um “espírito”, algo que talvez seja até difícil de descrever em palavras, mas que sabemos ser necessário, principalmente com a concorrência feroz, a crise econômica e a falta de tempo dos consumidores. Entra em cena a necessidade de construir a marca não apenas no ponto de venda (trademarketing), mas de expandir esse crescimento para o ambiente corporativo.

Do ponto de vista dos clientes, acreditamos que um ambiente surpreendente é capaz de gerar word of mouth (o famoso boca a boca, totalmente espontâneo e gratuito). Por outro lado, arriscamos dizer que um ambiente de trabalho diferenciado é parte da construção do brand equity (um importante ativo intangível, construído através de um conjunto de ações que visam criar estruturas certas de identificação e conhecimento da marca com seu público-alvo e, por que não?, com seu público interno), principalmente quando a marca pretende criar experiências  que incentivem o seu público interno (neste caso, um ambiente diferenciado faria parte de uma série de ações de endomarketing, que visam promover o bem-estar e, conseqüentemente, melhorar a produção e a capacidade intelectual das equipes).

Ao olhar as fotos abaixo, percebemos que o ambiente de trabalho de certas empresas está longe de se encaixar no ultrapassado perfil dos escritórios de antigamente.

Escritório da Skype, em Estocolmo, na Suécia

Escritório da Ogilvy & Mather (o briefing era criar um "parque de diversões de idéias")

E a sinalização do escritório da agência Upperkut, em Montreal? Adoramos a plaquinha que indica a sala do café e a sala do chefe.

E quem diria que esse ambiente faz parte do escritório de um banco de investimentos! Sim, do Macquarie Investment Bank, na Austrália

Os funcionários da Dtac, em Bangkok, não podem reclamar: o escritório oferece até mesmo uma pista de corrida interna, além de quadras para tênis e futebol

Para entender melhor sobre o assunto, recomendamos o texto sobre os 12 atributos de um ambiente de trabalho realmente interessante, escrito por  Tony Schwartz. O autor aponta a necessidade de ambientes de trabalho que estimulem seus funcionários e proporcionem real engajamento (uma vez que apenas 20% de funcionários ao redor do mundo, em diversas empresas, se declararam efetivamente engajados em seus trabalhos).

Fotos: The Cool Hunter 

Read Full Post »

Older Posts »