Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Alber Elbaz’

Todos nós temos um número da sorte, não é? 3, 5, 9, 7, 12… Os números são mágicos e possuem um significado escondido (sabemos que existem associações entre matemática, alquimia e várias religiões). A revista francesa Numéro, em parceria com a loja Le Bon Marché, em Paris, pediram a vários estilistas que criassem vitrines inspiradas pelos seus números da sorte. Confiram abaixo algumas delas!

Marc Jacobs escolheu o número 9, que representa o final de um ciclo e o começo de outro

Jean-Paul Gaultier escolheu o 24, dobro de 12, que tradicionalmente significa algo estruturado, perfeito e inviolável (12 signos do zodíaco, 12 tribos de Israel, 12 horas e por aí vai)

Surpresa!Karl Lagerfeld não escolheu o número 5, mas o 7, que significa perfeccionismo, auto-crítica- exigência excessiva e instrospecção

Stella McCartney escolheu o 13, que representa o recomeço, com tudo aquilo que foge à regra

Alber Elbaz também escolheu o número 7, mas adoramos os mini-Alber pendurados no manequim

Fotos: Le Journal des Vitrines

Read Full Post »

H&M approached us to collaborate, and see if we could translate the dream we created at Lanvin to a wider audience, not just a dress for less. I have said in the past that I would never do a mass-market collection, but what intrigued me was the idea of H&M going luxury rather than Lanvin going public. This has been an exceptional exercise, where two companies at opposite poles can work together because we share the same philosophy of bringing joy and beauty to men and women around the world.”  (*)- Alber Elbaz, diretor criativo da Lanvin.

Alber Elbaz, diretor criativo da Lanvin, que fará parceria com a H&M. Serão desenvolvidos produtos para o público masculino e feminino.

Parcerias da H&M até hoje: Karl Lagerfeld (o primeiro, em 2004), Comme des Garçons, Sonia Rykiel, Viktor & Rolf, Roberto Cavalli, Stella McCartney, Jimmy Choo.

Vitrine da Lanvin

Sempre provocativas, as vitrines da Lanvin apostam na cenografia

Uma das nossas favoritas, com total inspiração de Marilyn Monroe

Fotos das vitrines: Vitrine RG

(*) “H&M nos sondou sobre uma colaboração e para verificar se seria possível traduzir o sonho que criamos na Lanvin para um público maior, não apenas sobre uma maneira de fazer algo mais barato. Eu disse no passado que jamais faria uma coleção voltada para o mercado de produção em massa, mas o que me deixou mais intrigado foi a idéia da H&M se envolver com o mercado de luxo ao invés da Lanvin se tornar popular. Tem sido um exercício excepcional, onde duas empresas em pólos opostos podem trabalhar unidas porque dividem a mesma filosofia de levar alegria e beleza aos homens e mulheres ao redor do mundo.” (tradução livre)

Read Full Post »