Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘black swan’

Antes da crise na Dior, não se falava em outra coisa a não ser sobre o filme Black Swan e seu figurino, desenvolvido pela Rodarte. Várias coleções de inverno 2011 aproveitaram a tendência esportiva e elegeram o balê como fonte de inspiração. Editoriais de moda mostravam modelos em roupas levíssimas, graciosas e com muitas fitas e amarrações.

 

Os figurinos criados pela Rodarte foram inspirados pelos trabalhos de Degas

Croquis da coleção de inverno 2011 da New Order, misturando balê e elementos militares

Foram muitas as marcas com produtos que acabaram em editoriais e mood boards inspirados pelo filme. Marcas como Chloe, Chanel e Tod's, entre as internacionais, e Maria Bonita Extra e New Order, nacionais, foram apenas algumas que investiram nas rendas, volumes e outros elementos femininos que remetem ao universo da dança.

E é claro que as vitrines não poderiam ficar de fora. Falamos aqui sobre a vitrine interativa da Repetto, famosa por suas sapatilhas, totalmente inspirada no universo da dança. Agora temos a Moncler, com manequins usando tutus vermelhos.

Vitrine da Moncler

Sempre adoramos quando as marcas “pegam carona” num buzz momentâneo para divulgar ainda mais seus produtos. Assim, elas conseguem se tornar ainda mais relevantes para o consumidor, chamando bastante atenção.

Um belo caso de “referência ou coincidência?“, que com certeza recai sobre a primeira opção!

Fonte: Elements of Style , New Order, Gozzip Lady

Read Full Post »

Essa semana fizemos um post sobre vitrines digitais, que usavam uma tecnologia muito interessante: projeção holográfica. Enquanto fazíamos nossa ronda virtual atrás de mais novidades para publicar aqui, descobrimos que a Repetto, famosa por suas sapatilhas, criou uma vitrine interativa usando a tecnologia que citamos anteriormente. Confira o vídeo para conhecer o processo de montagem da vitrine e entender como ela funciona!

É claro que o tema da vitrine deveria unir a delicadeza e o perfil extremamente feminino da marca com algo que tivesse grande apelo aos consumidores. Então nada melhor do que apostar em um filme sobre o universo do balé (que, aliás, está nas origens da marca, afinal Madame Rose Repetto fez seu primeiro par se sapatilhas de balé em 1947, no atelier da Rue de la Paix e as criações da marca sempre estiveram nos pés de grandes bailarinos e outros artistas franceses), explorando a onda “Black Swan” que parece dominar não apenas as telas de cinema, bem como passarelas.

Posters especiais inspirados no filme

Assim, a Repetto aproxima o consumidor das suas origens, se posicionando como marca tradicional (o que inspira confiança em quem compra), e também mostra que não ficou parada no tempo, pois aposta em tecnologia e está antenada ao que está acontecendo por aí.

Foto: Highand45

 

Read Full Post »