Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘calvin klein’

Duas marcas montaram suas vitrines de outono-inverno inspiradas em florestas e jardins encantados. Outros elementos que já estão aparecendo em vitrines e interiores são displays feitos em madeira natural (vimos, inclusive, displays que combinam pedaços de troncos de árvore com cúpulas de vidro e ossadas de animais com chifres fazendo as vezes de displays de bijuteria!), manequins com máscaras de animais selvagens (como raposas, corujas e lobos), etc. Uma aposta para os nossos projetos de VM de outono-inverno 2012!

Máscaras de animais

Máscaras de diversos animais

Vitrine Mulberry, outono-inverno 2012

Detalhe da vitrine Mulberry

Vitrine MiuMiu

Detalhe vitrine MiuMiu

Displays em madeira natural

Display na vitrine da Calvin Klein

Fotos: The Window Shopper, Reprodução

Read Full Post »

CK Underwear Vending Machine

Que tal essa idéia da Calvin Klein? Uma vending machine da sua famosa linha de underwear. O projeto foi inspirado nos mesmos valores que informam o universo da fragrância CK One: juventude, individualidade, liberdade e infinitas possibilidades. A idéia surgiu com a chegada do verão e o lançamento de um novo conceito para as marcas de jeanswear e  underwear da Calvin Klein. E a notícia fica ainda melhor quando descobrimos que todas as peças vendidas através da vending machine custam 10% a menos do que no varejo tradicional.

Foto: Racked

Read Full Post »

Lembram quando falamos sobre o uso de QR Code na vitrine da Nike na Bélgica? Parece que a onda também acertou em cheio a Calvin Klein. Após ter seus outdoors censurados, a empresa resolveu censurar sua própria campanha de outono 2010 da Calvin Klein Jeans.

A empresa apostou no QR Code nos outdoors de Nova Iorque e Los Angeles que, após ser reconhecido através da câmera do celular, revela um vídeo de 40 segundos, não censurado, do qual participam a polêmica Lara Stone e um quarteto de modelos masculinos.

O outdoor da CK com o QR Code que, depois de decodificado, revela o vídeo da campanha CK Jeans, cujas fotos foram censuradas

A campanha, que foi fotografada em preto & branco por Mert Alas e Marcus Piggott, pode ser compartilhada via Facebook e Twitter após ser decodificada. Detalhe: isso aconteceu em julho deste ano.

Outra empresa que explorou o QR Code bem antes de todas as outras foi a Louis Vuitton, em parceria com o artista multimídia japonês Takashi Murakami, seu colaborador de longa data. QR Code (quick response code) é um código-matriz que permite que seu conteúdo seja decodificado em alta velocidade. Apontado como a evolução do código de barra, o QR Code da Louis Vuitton foi desenvolvido pela agência japonesa SET, com a arte de Murakami, em 2009.

O QR Code da LV, criado em 2009, uma parceria da agência SET com o artista Takashi Murakami

Fonte: Fashioning Tech,  Stylelist

Read Full Post »