Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Dior’

Detalhe de uma loja de sapatos femininos

Gucci

Display da Gucci

Vitrine Bottega Veneta

Detalhe na Bottega Veneta

Prada

Vitrine Chaumet

Vitrine Dior

Macaquinhos e foca na vitrine da Louis Vuitton

Ratinhos na Louis Vuitton

Equilibrista na Louis Vuitton

Burberry

Burberry

Vitrine Hermès

Hermès

Hermès

Moschino

Michael Kors

Mulberry

Vitrine Pronovia, só de vestidos de noivas

Ermenegildo Zegna

Ermenegildo Zegna

Vitrine Myla, só de lingerie

Detalhe para entender como funciona o display

Emporio Armani

Mulberry, St. Christopher's Place

Marimekko, St. Christopher's Place

Vitrine da Other Criteria, do artista Damien Hirst

Fotos: Âme Consultoria, diretamente de Londres

Read Full Post »

Tapume de loja que ainda vai abrir ou que está sendo reformada não precisa ser chato e sem graça. Já vimos alguns exemplos por aqui, como a bolsa gigante da Dior em NY (lembram?) e da Goyard, os ícones na Tommy Hilfiger  e até fizemos uma reflexão especial sobre o assunto.

Por aqui, gostamos da idéia da marca de sapatos Schutz, que ganhará em breve um novo espaço no Shopping Leblon. Para sair da mesmice dos tapumes tradicionais, a marca apostou em uma grande tela, na qual podemos ver o vídeo da campanha de verão 2012.

Foto: Acervo Âme Consultoria

Read Full Post »

Dentro do campo de visual merchandising também existem tendências. Quando o assunto é escolher manequim então, são infinitas as combinações, sendo possível inclusive desenvolver um manequim especial para sua própria marca, que atenda determinados padrões.

Sabemos que manequins não são displays baratos e sua manutenção também não. Contraditoriamente, eles são os displays mais afetados pela falta de atenção e cuidado dentro das lojas, principalmente quando manipulados por vendedores que não possuem a mesma atenção de uma boa equipe de vitrinistas. No mais, vitrines abertas também reduzem as barreiras entre os manequins e consumidores mais curiosos, provocando quedas fatais, com danos terríveis para os displays.

Enfim, fizemos abaixo uma seleção dos manequins de algumas marcas famosas, tendo em vista a tendência apontada pela Euroshop da volta dos glossy mannequins (manequins brilhantes), mas o mais importante é perceber que o manequim certo ajuda a comunicar muito sobre a sua marca. Prestem bastante atenção e divirtam-se!

Manequim da Louis Vuitton, todo articulado, o que permite posicioná-lo de diversas maneiras na vitrine, garantindo uma certa dramaticidade ao seu visual

Os manequins da Bergdorf Goodman sempre aparecem com poses bem dramáticas, o que ajuda a ambientar melhor a vitrine e as aproxima da realidade, tornando sua leitura mais fácil para quem as observa

Os da Saks Fifth Avenue são metalizados e brilhantes. Reparem nas mãos, sem dedos e alongadas.

Os manequins da Lanvin são especiais: parecem bonecos de pano gigantes com expressões fofas pintadas, o que dá um toque engraçado à vitrine

A Bottega Veneta apostou em manequins mais tradicionais, sem cabeça e em poses comuns

O manequim Escada também é metalizado e com mãos alongadas, mas com vários dedinhos

A Dior apostou em manequins mais realistas, com expressões pintadas e perucas, assim como...

...Chanel. Aliás, esse tipo de manequim parece ter virado trademark da grife francesa - nunca muda!

Miu Miu tem manequins super diferentes, que combinam partes de manequins tradicionais à uma estrutura metálica bem brilhante

Na Versace, o manequim brilhante tradicional ganha nova cor

Gianbattista Valli aposta nos glossy mannequins tradicionais, com poses diversas

Para ver nosso post sobre manequins especiais da Prada, clique aqui. Se você gosta de trabalhos artísticos inspirados em vitrines e manequins, esse post é pra você. Manequins personalizados para o lançamento de uma grande campanha? Aqui você entende melhor como isso funciona. Para os fãs absolutos dos manequins, nada melhor do que esse post sobre uma vitrine inesquecível da Bergdorf Goodman.

Todas as fotos por Julia Chesky, do maravilhoso blog Modelizing.

 

Read Full Post »

Fachada da flagship store da Dior, em NY

Nada melhor para iluminar nosso dia do que esse desenho da Lady Dior em neon (lembram que apontamos o uso do neon nas vitrines como tendência aqui?), no exterior da flagship store da maison, em Nova Iorque. BOM DIA!

Mais post sobre neon nas vitrines aqui, aqui e aqui.

Mais sobre como a Dior aproveita sua fachada para divulgar a marca aqui.

Foto: Julia Chesky, do Modelizing

Read Full Post »

Não sabemos ainda se essa será uma tendência que vingará, mas os balões metálicos apareceram em algumas vitrines no Natal e já deram o ar da graça nas vitrines da nova coleção da Dior.

Vitrine Dior Enfant, janeiro de 2011

Mais Dior Enfant, com balões metálicos em forma de travesseiro

Vitrine Dior

Natal da Topshop

Mulberry, Londres, dezembro 2010

Vitrine Louis Vuitton

Para conhecer as tendências que vimos durante 2010, basta clicar aqui.

Fotos: Mes Vitrines NYC e Journal des Vitrines

Read Full Post »

Lady Dior, o modelo de bolsa mais popular da Maison Dior, comemora 15 anos e ganha destaque nas vitrines da Le Bon Marché, na França. Lembrando que esse ano ela já ganhou um super destaque ao servir de tapume para a loja Dior em Nova Iorque, enquanto o interior passava por reformas. Joyeux Anniversaire!

Fotos: Mes Vitrines NYC

Read Full Post »

Vitrine da Dior

UM FINAL DE SEMANA “NAS NUVENS” (mas sem chuva,viu?)!

Read Full Post »

Estamos chocadas com a quantidade de marcas que usaram sua fachada para divulgar a marca e seus produtos mais icônicos. Já falamos da Dior e da Goyard aqui, mas agora é a vez da Louis Vuitton abusar das bolsas gigantes para adornar as fachadas de suas lojas ao redor do mundo. Lindo!

Em Paris, o exterior da flagship store foi coberto por malas LV na versão tradicional e com as cerejas de Takashi MurakamiAs bolsas gigantes da LV, da coleção em homenagem ao artista Stephen Sprouse

Bolsas gigantes LV, da coleção em homenagem ao artista Stephen Sprouse, em NY

Read Full Post »

Falamos aqui sobre a importância que uma marca deve ter com os todos os detalhes da sua apresentação ao público. Elogiamos o tapume adesivado cheio de símbolos norte-americaos que reforçavam a idéia da Tommy como uma all- american brand, totalmente identificada com aquela cultura, seu povo e seus hábitos.

A Dior, marca francesa de grande prestígio, também não perdeu tempo durante a reforma da sua loja na 57th Street, em Nova Iorque: ao invés de tapumes feios e inexpressivos, resolveu cobrir a fachada da loja com uma réplica gigante de um dos ícones da maison: a bolsa Lady Dior. Mesmo fechada a loja ainda chama atenção de quem passa e tal ação ajuda, sem dúvida, a fortalecer a imagem da marca positivamente.

A fachada da loja da Dior, fechada para reformas, em Nova Iorque

A clássica Lady Dior, que deve seu nome à Princesa Diana

Definitivamente, a diferença entre muitas marcas está justamente nesse tipo de detalhe, no cuidado que as pessoas responsáveis pela marca (diretores comerciais, gerentes de marketing, entre outros) têm na hora de uma reforma, por mais banal que isso possa parecer. Com certeza ninguém ousará esquecer que na 57th Street em NY existe uma loja da Dior, ainda que ela esteja fechada por algum tempo.

Read Full Post »