Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ernesto neto’

Recentemente uma polêmica tomou conta de blogs, sites e até mesmo de jornais de renome. Entre os envolvidos, a marca carioca Maria Bonita Extra e a Galeria Fortes Vilaça. O motivo foi um só: a Galeria, que representa o artista Ernesto Neto, acusou a marca de moda feminina de plágio.

O trabalho de merchandising visual feito para a vitrine de verão 2012 envolve uma grande escultura, criada pela artista plástica e visual merchandiser responsável, Lise Marinho, que declarou não desconhecer a criação de Ernesto Neto e que “artistas são antenas do mundo e, por isso, é comum encontrar pessoas em diferentes partes dele fazendo coisas similares” (trecho retirado de matéria do site Chic). A arista plástica também declarou que e inspirou no parque High Line, em Nova York, e num brinquedo de acrílico de montar, popular nos anos 60, citado também por Neto como o ponto de partida para a sua série de esculturas (segundo matéria publicada no jornal Folha).

À esquerda, a vitrine da MBE; à direita, a escultura Mitodengo, do artista Ernesto neto

O próprio artista disse que nem sabe se considera a escultura na vitrine da marca carioca um plágio, mas que trata-se de algo surpreendente. “Importa que as pessoas não achem que é minha escultura.”, declarou a Folha.

Para agravar a situação, a coluna do jornalista Joaquim Ferreira dos Santos, do jornal O Globo (31 de agosto de 2011), publicou uma foto da vitrine da marca norte-americana J.Crew, na qual uma estrutura colorida idêntica à utilizada na vitrine da Maria Bonita Extra aparece.

Detalhe, à esquerda, da nota sobre a polêmica das vitrines

Detalhe da vitrine da marca J. Crew, de abril de 2010

Segundo a linha do tempo, a escultura de Ernesto Neto data de 2009; a vitrine da J. Crew é de 2010 e a da Maria Bonita Extra, de agosto de 2011.

 

Só nos resta perguntar, como sempre: “referência ou coincidência?

 

Fotos: Onze e Onze, She Fancies

Read Full Post »