Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Henri Bendel’

Quando vemos muitas marcas (pelo menos duas) usando os mesmo recursos nas vitrines, temos que ficar de olho. Pode ser um mero caso de “referência ou coincidência?”, mas também pode ser uma tendência despontando por aí.

Usar fotos nas vitrines não é nenhuma novidade, mas lá fora elas andavam um pouco esquecidas, dando lugar para outros recursos cenográficos. A Printemps já apostava nas fotos (lembram desse post aqui?) e, pelo visto, continua acreditando: na última vitrine, usou uma série de fotos que contam uma historinha divertida sobre o roubo de uma versão da Torre Eiffel, coberta de diamantes. São nove fotos, uma em cada vitrine, da artista Bettina Rheims.

Vitrine da Printemps, com fotos de Bettina Rheims

Outra empresa que geralmente usa fotos publicitárias nas vitrines é a Prada. Parece que nessa coleção veremos de novo fotos combinadas com manequins e displays.

Vitrine Prada

Armani foi outra marca que usou fotografias, mas ou invés de usá-las como as marcas acima, parece que elas foram ampliadas, recortadas e dispostas de maneira a criar movimento. Interessante!

Vitrine Armani Jeans

Até a Barneys NY, em Nova Iorque, apostou numa grande foto p&b para sua vitrine, que ficou linda e minimalista.

Uma das vitrines da Barneys NY

Por aqui, a marca que sempre aposta em fotos nas vitrines é a Santa Lolla. Até mesmo no showroom as fotos aparecem, dessa vez cercadas por lâmpadas que nos lembram muito aquelas que vimos combinadas com letras gigantes (para saber do que estamos falando, clique aqui).

Foto do Showroom da Santa Lolla, coleção inverno 2011

Mas nem só as fotos estão dando o ar da graça nas vitrines por aí. Também já percebemos que algumas marcas andam de olho em vitrines mais artsy, com ilustrações maravilhosas, como Chanel e Henri Bendel.

Vitrine Chanel, 2011

Vitrine Henri Bendel, NYC, 2011

Em tempos de crise, fotos e ilustrações são recursos mais baratos do que manequins diferenciados e grandes instalações nas vitrines. Apesar da possível tendência sobre manequins decorados e diferentes (sobre os quais falamos aqui e aqui), achamos que muitas marcas poderão recorrer às ilustrações de fotos, misturadas aos manequins que sempre usaram.

Agora é só aguardar e ver o que virá por aí…

Fotos: Mes Vitrines NYC, NYC Windows

Read Full Post »

Os cachorros cor de rosa da Anthropologie já deram o ar da graça por aqui e voltam agora porque nos lembramos muito deles quando vimos a vitrine da marca Henri Bendel em Nova Iorque.

Vitrine Anthropologie

Vitrine Henri Bendel

Então, qual o seu cachorrinho favorito?

Read Full Post »

…UM FINAL DE SEMANA CHEIO DE AVENTURAS E CORES!

VITRINE HENRI BENDEL, INSPIRADA PELAS SCARFS MULTICOLORIDAS DA MARCA

Read Full Post »

Mais uma tendência que esperamos que se confirme, já que adoramos os tradicionais globos de neve (e nem adianta dizer que eles são kitsch!).

 

Topshop, dezembro 2010
Vitrine da Bottega Veneta, janeiro 2011

As criações da Bottega Veneta são tão lindas que merecem ficar “protegidas”.

Vendo os globos de neve em algumas vitrines, lembramos de edições especiais que foram lançadas por alguns estilistas, com Sonia Rykiel e Henri Bendel. Fofíssimo!

 

Globo de neve por Henri Bendel

Globos de neve Sonia Rykiel e Henri Bendel

Fotos: Journal des Vitrines, The Window Shopper e Glam Australia

 

Read Full Post »

Néon é um gás nobre incolor, muito leve, presente em pequena quantidade no ar atmosférico, que proporciona um tom arroxeado característico à luz das lâmpadas fluorescentes nas quais o gás é empregado. Nós conhecemos bastante essa aplicação do gás néon graças aos letreiros e sinalizações que, com o passar do tempo, ganharam uma certa conotação kitsch.

Abaixo podemos conferir algumas vitrines que resgataram o néon para dar um toque especial à exposição de produtos e chamar bastante atenção. Para iluminar nossas mentes e nos inspirar ainda mais!

Vitrine da Henri Bendel, em NY

Display de néon dentro da Ricky's, em NY

Letreiro da loja de Christian Louboutin

Instalação de Wilson Brothers,"Raise Your Game", na Nike Store de Londres

E, abaixo, os nossos favoritos: rosas de néon nas vitrines da Louis Vuitton (nossa, como eles investem em produções elaboradas para as vitrines, hein?) durante o lançamento da coleção inspirada no trabalho do artista Stephen Sprouse. Gostamos muito do uso do néon para destacar a tipografia semelhante a usada por Sprouse e as rosas que aparecem estampadas em bolsas, leggings e echarpes da marca francesa, sempre em cores bem vibrantes (amarelo, laranja, rosa e verde, principalmente), conhecidas também como neon colors (cores neón).

A tipografia de Sprouse aplicadaà marca Louis Vuitton, na versão neón

A bolsa LV com a rosa Sprouse estampada e o letreiro de néon no mesmo formato, que ficou exposto em vários lojas da marca

Também são da Louis Vuitton as vitrines em parceria com o artista japonês Takashi Murakami, que trouxe uma explosão de cores e alegria à tradicional marca.

A fachada da loja de seis andares da LV em NY foi coberta pela logo da marca em cores bem coloridas, enquanto em suas vitrines os logos ganharam versão em néon

Logo da LV e outros ícones da marca em versão néon nas vitrines da loja em Tóquio

 

Para conhecer mais sobre letreiros de néon, visite o Neon Museum, onde vários letreiros “aposentados” de Las Vegas contam parte da história da cidade.

Read Full Post »