Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Milão’

As famosas e onipresentes pop-up stores têm objetivos diversos: lançamento de um novo produto, divulgação de uma parceria especial e até testar determinado mercado, mas os milaneses descobriram uma maneira nova de explorar esse formato de varejo: peças descontinuadas e com descontos são vendidas por quilo na loja Kilo Fashion.

Milão possui diversas lojas multimarcas que vendem peças de marcas famosas com desconto (em geral, peças de coleções passadas) e, não muito longe dali, na fronteira com a Suíça, existem shoppings inteiros com lojas de ponta de estoque das marcas mais cobiçadas, como Gucci, Dior, Burberry, Valentino, Armani, Prada, Diesel, Missoni… Contudo, nunca vimos o formato de pop-up store, combinado com ponta de estoque e… “restaurante a quilo” (brincadeira, pessoal!). E para coroar essa mistura totalmente inusitada, a Kilo Fashion está situada na Corso Vittorio Emanuelle, famosa por seu comércio grifado, cafés e restaurantes.

O merchandising visual da loja não é muito interessante (pode até ser uma estratégia do empreendimento, pois geralmente quando maior a bagunça e a altura das pilhas, mais os consumidores associam à idéia de preços baixos, descontos sensacionais, etc), mas a divisão dos produtos em três categorias chama a atenção: Good (para os produtos mais baratos), Better (para aqueles numa faixa intermediária), e  Best (para os mais caros).

Será que a bagunça é proposital?

Tags e cartazes em amarelo e pink indicam a categoria do produto e o valor por um determinado peso

A loja, que pertence ao grupo Lilla,  foi inaugurada no final de março e continuará em atividade até julho e os produtos por lá encontrados variam entre jeans, camisas, vestidos, sapatos e até mesmo bolsas. Um detalhe para os que já estão enlouquecendo com a idéia: o número de peças é limitado por cliente – apenas 10 peças por pessoa. Uma oportunidade maravilhosa para quem adora garimpar!

Quanto pesa aquele par de sapatos dos sonhos?

Fonte: Springwise, Milano Today, Shopping Milano

Read Full Post »

São muitas as marcas de luxo que apostam na diversificação horizontal de seus negócios, numa verdadeira estratégia de expansão focada em estilo de vida (comentamos mais sobre o assunto aqui, quando falamos sobre o império Armani). A marca italiana Moschino resolveu seguir os mesmos passos da Armani, Ferragamo, Bulgari e até Margiela e inaugurou um hotel/spa em Milão. Contudo, não se trata de um hotel tradicional.

As vitrines da Moschino geralmente são lúdicas e delicadas

A fachada do hotel, que foi construído numa antiga estação ferroviária

Seguindo a identidade e imagem da marca de moda, o hotel Maison Moschino apostou no caráter lúdico que sempre vemos nas vitrines das lojas e em algumas campanhas e embalagens de produtos da marca homônima. Todos os 54 quartos e 15 suítes do hotel são decorados de acordo com 16 contos de fadas diferentes, entre eles “Alice no País das Maravilhas”, “Chapeuzinho Vermelho”, entre outros. E mais: o hotel 4 estrelas foi construído dentro de uma antiga estação ferroviária na Via Monte Grappa , em estilo neoclássico, que data de 1840. A idéia era fazer com que cada hóspede vivesse um sonho.

O Maison Moschino é a prova de que o mundo é do tamanho dos nossos sonhos!

No lobby já sentimos que se hospedar no Maison Moschino é mergulhar no mundo encantado

O quarto inspirado em Chapeuzinho Vermelho tem até um lobo estampado na cama

Quarto ou floresta mágica? No Maison Moschino, sonho e realidade se misturam

Detalhe do lustre de um dos quartos, cheio de docinhos

Doces sonhos garantidos no quarto acima, cujo nome é "cake room" (quarto da torta)

O livro "Alice no País das Maravilhas" foi a inspiração para este quarto, com mesinha em forma de xícara

Mesmo quando não são inspirados em contos de fada, os quartos e suítes do hotel têm decoração lúdica, de acordo com a imagem da marca Moschino

 Fotos: Época Negócios, Luxe City Guides, PSFK SalonSonya Nimri, SpinTravel

Read Full Post »