Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘moda’

Somos fãs apaixonadas pelo programa da BBC, Secrets of the Superbrands, no qual o apresentador Alex Riley procura entender como determinadas marcas influenciam nossas escolhas e, em última instância, nossa vida. Quando falamos sobre Apple aqui, mencionamos o programa, dando destaque para o enfoque em neurociência (um grande fã da Apple, por exemplo, se submeteu a um exame de ressonância magnética que mostrou que as áreas do seu cérebro ativadas mediante a visão de produtos da gigante da tecnologia são as mesmas ativadas em pessoas religiosas quando diante de imagens sagradas).

A ótima notícia é que, finalmente, o programa ganhou um episódio totalmente dedicado ao universo das marcas de luxo, com depoimentos de grandes nomes da indústria da moda, marketing e áreas afins, como Dana Thomas (autora de Deluxe – Como o Luxo Perdeu o Brilho  – nós recomendamos!) e Ted Polhemus (grande antropólogo americano que mora e trabalha em Londres e autor de livros fundamentais sobre streetstyle, interferências corporais, etc), entre outros.

Gostamos tanto do programa que tínhamos que fazer um post sobre o assunto. Para não estragar a surpresa, não vamos revelar mais nada sobre os episódios abaixo, mas garantimos que além de informações incríveis sobre marketing, branding, psicologia, neurociência e negócios relacionados ao mundo da moda, também é uma ótima forma de nos fazer refletir e questionar certos comportamentos.

Have fun!

Read Full Post »

Lembram quando falamos aqui sobre branded content? Além do Red Bull Air Race, que sempre tem edição carioca, é a vez da Converse Block Party, um evento mundial que celebra a cultura urbana, acontecer no nosso Rio de Janeiro. Skate, música, arte, moda, basquete de rua e comidinhas em pleno coração do Rio de Janeiro (dia 29 de maio, a partir das 15h, nos Arcos da Lapa).

Uma ótima chance para nossos leitores cariocas testarem ao vivo todas as dimensões de uma baita ação de branded content. Só pelos cartazes abaixo já dá pra ter certeza de que será uma festa grandiosa, não é?

Imperdível (e quem for tem que nos contar como foi!)!

Read Full Post »

Adoramos o novo projeto da Coca-Cola em Tel Aviv, Israel: uma pop-up store dedicada à reciclagem (ou melhor, ao upcycling), inaugurada no distrito de HaTachana, uma área nobre da cidade com muitas lojas de moda e galerias. O principal objetivo da marca é ajudar a desenvolver e promover a consciência sobre a importância da reciclagem, usando a moda como viés. 

Cartaz destacando a idéia de "refresh - recycle - re-use"

A primeira loja com esse conceito foi inaugurada em abril e, depois, várias pop-ups foram abertas por todo território israelense. Em todas elas, uma série de produtos únicos, feitos através do processo de upcycle, são comercializados: camisetas, bolsas, acessórios e até mesmo mobília, tudo foi feito através da reciclagem de garrafas de Coca-Cola. Em cada loja ainda é possível encontrar containers especiais para coleta de garrafas e o visitante que levar garrafas vazias ganha descontos especiais para comprar itens da coleção.

Uma pequena amostra de alguns dos produtos que são fabricados com materiais reciclados

Outro detalhe bem interessante é que a primeira loja dentro desse formato foi inaugurada durante o feriado judaico conhecido como Pesach, que, para a comunidade judaica, representa regeneração e purificação. Além disso, o projeto faz parte da campanha de reciclagem patrocinada pela Coca-Cola, conhecida como Give It Back“.

Vários manequins com roupas feitas de material 100% reciclado

Outros produtos feito com materiais reciclados e ecologicamente corretos são vendidos na pop-up store

Cada detalhe da loja nos surpreende e é quase impossível acreditar que os produtos são feitos de garrafas, rótulos e tampinhas.

Manequim com roupa feita de material reciclado. Atenção para o display, feito de caixas de papelão e destacando a campanha "Give it Back"

Fonte: Fashonably Marketing, Promarket News

Read Full Post »

Quem trabalha com desenvolvimento de produto vai amar essa novidade, que vem reforçar o que já abordamos aqui no blog ano passado: se a sua marca não dá espaço para o consumidor agir, participar ativamente, ela está condenada. Permitir que os consumidores participem da marca é um instrumento muito poderoso, como nos ensina Kevin Roberts, CEO da Saatchi & Saatchi. Quanto mais poder você dá, mais ganha em troca. Cria-se entre consumidores e marca uma sensação de intimidade, que vai da empatia (envolve ouvir sempre e cada vez mais seus consumidores), passa pelo compromisso (que, misturado com doses certas de fidelidade, origina uma fidelidade além da razão, como a dos consumidores da Apple) e, finalmente, vira paixão (assim como nos relacionamentos humanos, é a única força capaz de fazer com que os consumidores resistam a tempos difíceis, quando o bom senso lhes diz para mudar).

O estilista Derek Lam, ao fechar uma parceria inédita com a empresa eBay, declarou: “ter um diálogo direto e imediato com os internautas é o que faz a moda ser excitante e relevante nesse momento. A tecnologia do eBay me oferece uma oportunidade única e inovadora de alcançar clientes novos e os que já existem diretamente, e de criar a moda que eles desejam”.

Por essas e por outras, adoramos descobrir o site Garmz, cuja proposta até nos lembra o nacional Camiseteria. Funciona assim: o designer envia seu croqui para o site, que realizada um processo de votação online, aberto ao público. A Garmz incentiva seus leitores a compartilhar o conteúdo, para que outras pessoas possam participar da votação (e, ao fazer isso, a própria marca Garmz ganha em brand awareness e se torna mais relevante em buscas orgânicas feitas na rede). A peça mais votada é produzida pela Garmz e vendida pelo site da empresa. E a melhor parte vem agora: além de ver sua criação ganhar vida e ser divulgada globalmente, os lucros são divididos entre o criador e a Garmz.

Passo a passo, o site explica como funciona o processo

O compartilhamento de conteúdo só traz benefícios para a Garmz e para o próprio designer de moda

E aí, se empolgou? Então mande logo seu projeto para a Garmz. E depois não esqueça de nos contar o resultado!

Read Full Post »

Quem passa por uma vitrine sempre pode ver, do outro lado do vidro, manequins estáticos que parecem olhar para o nada, passivos. E se eles estivessem olhando de volta para nós? E se estivessem observando a vida do outro lado do vidro?

As fotos de David Law  retratam a mobilidade e a vida das cidades refletida nos vidros de vitrines de onde manequins sem vida nos encaram dia após dia, numa tentativa de entender como a nossa realidade invade e participa das vitrines e como elas interagem de volta com as cidades. Por outro lado, as fotos são como uma crítica à futilidade inerente ao consumo e à beleza inatingível.

Algumas das fotos de David Law

Read Full Post »

A United Nude é uma marca de sapatos que nasceu da parceria entre Rem D. Koolhaas (diretor criativo, arquiteto e criador do sapato Möbius, com o qual foi indicado para o Rotterdam Design Award) e Galahad Clark (sétima geração de uma família de sapateiros ingleses que estudou antropologia, fundou uma organização humanitária e também coordenada a marca de sapatos Terra Plana).

Segundo o registro encontrado no site, a histórica começa quando Rem, de coração partido, resolve desenhar um sapato feminino para reconquistar sua amada. O produto desta tentativa foi o sapato Möbius. Rem não recuperou sua namorada, mas o Möbius recebeu a indicação para o Rotterdam Design Award e chamou a atenção de seu sócio, Galahad Clark, que se convenceu que uma nova marca de sapatos estava pronta para ser criada.

Möbius: o sapato criado para reconquistar um amor que deu origem à uma marca de sucesso

A UN lançou o Möbius em 2003 e se estabeleceu como uma marca icônica que transita entre o design e a moda. O nome se baseia no processo criativo da empresa, formada por equipes que trabalham  e trocam idéias abertamente para lançar produtos que tenham reconhecimento imediato. As três diretrizes básicas dos produtos da United Nude são: design limpo e conceitual, elegância e inovação.

As diretrizes da marca traduzidas em produtos. Da esquerda para a direita: as sandálias Eamz (homenagem aos designers americanos Charles e Ray Eames), Ultra Loop Buckle e o sapato Lo Res

Hoje a United Nude é vendida em mais de 35 países, 3 flagship stores (Nova Iorque, Shanghai e Amsterdam) e várias outras lojas próprias nas principais cidades do mundo, como Londres, Viena e Guangzhou. Como se pode perceber, através das fotos dos produtos e do ponto-de-venda, a United Nude manteve seu diálogo com os clientes bem consistente, uma vez que as três diretrizes que escolheu como norte da marca estão presentes  em todos os detalhes: do produto ao site, das campanhas ao ponto-de-venda. Existe uma unidade na comuniação da marca, o que evita ruídos na comunicação.

A fachada da United Nude de Shanghai. Até na vitrine as 3 diretrizes da marca se impõem.

A mais nova flagship store da marca, em Shanghai, projetada pelo próprio Rem D. Koolhaas, usa como displays dos sapatos nichos que são iluminados com LED, mudando de cor constantemente. O estoque da loja fica no seu piso superior e o suprimento interno se realiza com velocidade através de um pequeno elevador que se movimenta através dos andares e fica visível no interior da loja, tornando-se uma das atrações do espaço.  

Os nichos, iluminados por LED, que mudam de cor ao longo do dia

Todo o interior da loja de Shanghai parece uma enorme câmara escura, com colunas e paredes espelhadas, a não ser pela área onde se encontram os produtos, que é propositalmente iluminada através de uma tecnologia conhecida como LightTM – uma parede de LED, controlada por computador, que destaca os produtos como obras de arte encapsuladas por molduras geométricas. A mistura de todos esse detalhes torna a experiência de compra muito divertida e até mesmo teatral para os consumidores.

Os sapatos de maior destaque são expostos em cases de vidro que ficam em pedestais no interior da loja, como se fossem jóias

Nas palavras do próprio Rem D. Koolhaas: “Em Amsterdam nós introduzimos o conceito da parede de luz, em Nova Iorque apresentamos a Lo Res Lamborghini Countach  e em Shanghai nós desenvolvemos uma loja que é como um robô, por onde os sapatos se movimentam pelo espaço mecanicamente. Cada loja simplesmente pede, ou talvez indique, sua própria solução personalizada.”

Read Full Post »