Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘modelizing’

Lá fora as vitrines apontam a chegada da primavera-verão e nós sempre ficamos de olho, porque o que for mostrado agora com certeza aparecerá no nosso  final de inverno 2012/verão 2013 (ou não, afinal com tantas informações disponíveis por aí, pessoas viajando e  trocando idéias, às vezes as tendência chegam mais cedo e, de vez em quando, com 1 ano ou mais de atraso). Com sorte, veremos muitas referências ou coincidências antes disso, mas por enquanto, que tal dar uma olhadinha em algumas vitrines divertidas?

Marc Jacobs aposta na sua tradicional vaca (ela apareceu fantasiada de fantasma durante um Halloween, lembram?), dessa vez com print de onça. Será alguma referência à Louis Vuitton, marca na qual Jacobs ocupa o cargo de diretor criativo? Afinal, a maison francesa acaba de anunciar o relançamento da parceria com Sprouse em novas cores e todo mundo se lembra que, além do grafite, a estampa de onça foi super badalada.

Vaca com print de onça e muita diversão

Stella McCartney anuncia a chegada da primavera abusando das tradicionais flores. A diferença, aqui, é que elas foram uma espécie de redoma ao redor das cabeças dos manequins (olha aí a tendência dos manequins decorados sobre a qual falamos aqui).

Vitrine Stella McCartney

Em Londres, a vitrine de Stella McCartney é meio diferente: nada de manequins! As roupas aparecem impressas em fotos de modelos.

Vitrine Stella McCartney, Londres, s/s 2011

Não podemos deixar de postar a foto abaixo, porque é um grande caso de “referência ou coincidência?”: a vitrine da Jigsaw em Londres, abaixo, com os manequins com cabeças-jardim e, em NY, a vitrine de Stella McCartney, como vimos acima, com manequins com cabeça-florida.

Vitrine Jigsaw, s/s 2011

Na Harvey Nichols, em Londres, o verão chegou cheio de neon nas vitrines.

Quem disse que neon é só pra vitrine natalina?

Na vitrine da TopShop, manequins super maquiados e com perucas chamativas se juntam a um gigantesco sketchbook, que nos dá uma pista do mood da estação que está só começando. Pelo visto, a tendência das fotos e ilustrações vai pegar mesmo!

Vitrine TopShop, s/s 2011

Detalhe da vitrine acima

E as ilustrações aparecem como tendência forte. Basta ver a vitrine acima e também a da Mulberry, abaixo, com suas bailarinas fofíssimas.

Vitrine da Mulberry, s/s 2011

Por enquanto é isso. Lembrando que essas são apenas as primeiras vitrines pós-semana de moda de NY. Ainda temos a semana de moda britânica, Milão… Ainda tem muita tendência por aí!

Fotos: Modelizing, Marc Jacobs, The Window Shopper

Read Full Post »

Dentro do campo de visual merchandising também existem tendências. Quando o assunto é escolher manequim então, são infinitas as combinações, sendo possível inclusive desenvolver um manequim especial para sua própria marca, que atenda determinados padrões.

Sabemos que manequins não são displays baratos e sua manutenção também não. Contraditoriamente, eles são os displays mais afetados pela falta de atenção e cuidado dentro das lojas, principalmente quando manipulados por vendedores que não possuem a mesma atenção de uma boa equipe de vitrinistas. No mais, vitrines abertas também reduzem as barreiras entre os manequins e consumidores mais curiosos, provocando quedas fatais, com danos terríveis para os displays.

Enfim, fizemos abaixo uma seleção dos manequins de algumas marcas famosas, tendo em vista a tendência apontada pela Euroshop da volta dos glossy mannequins (manequins brilhantes), mas o mais importante é perceber que o manequim certo ajuda a comunicar muito sobre a sua marca. Prestem bastante atenção e divirtam-se!

Manequim da Louis Vuitton, todo articulado, o que permite posicioná-lo de diversas maneiras na vitrine, garantindo uma certa dramaticidade ao seu visual

Os manequins da Bergdorf Goodman sempre aparecem com poses bem dramáticas, o que ajuda a ambientar melhor a vitrine e as aproxima da realidade, tornando sua leitura mais fácil para quem as observa

Os da Saks Fifth Avenue são metalizados e brilhantes. Reparem nas mãos, sem dedos e alongadas.

Os manequins da Lanvin são especiais: parecem bonecos de pano gigantes com expressões fofas pintadas, o que dá um toque engraçado à vitrine

A Bottega Veneta apostou em manequins mais tradicionais, sem cabeça e em poses comuns

O manequim Escada também é metalizado e com mãos alongadas, mas com vários dedinhos

A Dior apostou em manequins mais realistas, com expressões pintadas e perucas, assim como...

...Chanel. Aliás, esse tipo de manequim parece ter virado trademark da grife francesa - nunca muda!

Miu Miu tem manequins super diferentes, que combinam partes de manequins tradicionais à uma estrutura metálica bem brilhante

Na Versace, o manequim brilhante tradicional ganha nova cor

Gianbattista Valli aposta nos glossy mannequins tradicionais, com poses diversas

Para ver nosso post sobre manequins especiais da Prada, clique aqui. Se você gosta de trabalhos artísticos inspirados em vitrines e manequins, esse post é pra você. Manequins personalizados para o lançamento de uma grande campanha? Aqui você entende melhor como isso funciona. Para os fãs absolutos dos manequins, nada melhor do que esse post sobre uma vitrine inesquecível da Bergdorf Goodman.

Todas as fotos por Julia Chesky, do maravilhoso blog Modelizing.

 

Read Full Post »

As vitrines da Barneys New York ganharam fama e notoriedade ao longo do anos graças ao trabalho do visionário Simon Doonan, que ficou no comando do departamento de visual merchandising da empresa por duas décadas (ele até lançou um livro, no qual conta suas aventuras no universo do VM, chamado Confessions of a Window Dresser ).

Fachada da Barneys New York

A empresa começa agora um novo capítulo na sua história de vitrines inovadoras e comentadas, sob a tutela do novo diretor criativo, Dennis Freedman. Como podemos ver abaixo, parece que Freedman acertou logo de primeira.

Fotos: Barneys NY, Modelizing

 

Read Full Post »

Várias vitrines de primavera já estão prontinhas lá fora e nós estamos de olho, claro, para saber quais serão as próximas tendências e inovações quando o assunto é visual merchandising.

Observando as vitrines de primavera da Anthropologie e da Bergdorf Goodman, sentimos uma leve brisa de inspiração marítima. Em ambas vitrines, a cenografia nos lembrou plantas e animais marinhos, numa explosão de formas e cores.

Vitrine Anthropologie, fevereiro 2011

A cenografia nos lembra um ouriço e, às vezes, plantas aquáticas

Detalhe da produção no manequim - tudo bem artesanal

Não podemos deixar de perceber que a cor laranja-Hermès pontua a vitrine, combinada com tons mais neutros. Será uma tendência surgindo no horizonte?

Já na vitrine da Bergdorf Goodman, a cenografia é uma instalação do artista Jason Hackenwerth, que parece ser feita com balões de gás, de formas diversas e unidos para formar painéis e “bichos” gigantescos. Impossível não lembrar de corais,algas e outros elementos marinhos, não é?

Explosão de cores e formas na vitrine da Bergdorf Goodman

Olha lá o laranja-Hermès!

Cores quentes que celebram a principal inspiração das coleções de primavera-verão: YSL

Color blocking puro, não é? As cores fortes também foram escolhidas por conta da principal fonte de inspiração de muitos estilistas para suas coleções de primavera-verão: o legado de YSL, que sempre abusou de cores dramáticas.

Outra marca que usou o fundo do mar como inspiração foi Moschino, com muitas conchas, peixes e bolhas.

Vitrine Moschino; NY, janeiro de 2011

Vitrines mais antigas já usaram o mundo marinho como fonte de inspiração. A Tiffany & Co. colocou corais misturados com jóias em suas vitrines para chamar atenção para a extinção da espécie;

Vitrine da Tiffany & Co. de junho de 2009

E que tal essa vitrine (não sabemos de qual marca ela é), cheia de estrelas de mar e outros elementos aquáticos em cores neon?

Tons neon, com destaque para o laranja - hum, será que já é tendência?

Outra marca que apostou no conceito de fundo do mar foi a Moncler, em NYC.

Mergulhadores com blusas navy

Atenção para as lâmpadas redondinhas que também aparecem combinadas com letras gigantes e várias vitrines por aí, na forma de letreiros. Super tendência!

Enfim, já estamos contando com duas novas tendências: fundo do mar e laranja-Hermès. Resta saber o que se confirmará ou não. Enquanto isso, para não perder o nosso lado brincalhão, não poderíamos deixar de postar essa foto. Se existissem sereias e lojas no fundo do mar, os manequins seriam todos assim, inspirados na Ariel. Super fofo!

Vitrine inspirada na Pequena Sereia, na Disney

Fonte: Anthropologie, Bergdorf Goodman, Tree Hugger, Fashion Windows, Modelizing

 

Read Full Post »

Sabemos que animal prints viraram febre e que, hoje em dia, todo mundo tem pelo menos um acessório de oncinha ou zebrinha para dar uma levantada no look. Parece, contudo, que uma marca em especial pegou a animal fever – sim, estamos falando da Louis Vuitton.

Já faz algum tempo vimos a invasão dos avestruzes na vitrine da flagship store de Londres. Lindos, eles serviram de suporte para bolsas e seus ovos gigantescos abrigaram pares de sapatos maravilhosos.

Lembram dessa vitrine da loja da LV em Londres?

Os displays de sapato em forma de ovos de avestruz foram um sucesso!

Em seguida, na loja de NY, tivemos girafas nas vitrines, super charmosas com vários lenços no seu longo pescoço, além de vários outros bichinhos feitos com diversos acessórios e materiais da própria marca: os cintos, chaveiros, carteiras, ferragens, puxadores, couro de bolsas viraram galos, sapos, castores, etc. E o mais interessante é que eles aparecem dentro de redomas e vidro, como se fossem bichos empalhados de uma coleção particular. Apesar de serem bichinhos comuns, parecem “preservados” dentro de suas cúpulas, ganhando destaque como algo especial.

A girafa da Louis Vuitton

Os milhares de bichinhos em redomas de vidro, feitos com acessórios da própria marca

No detalhe, o galo da LV - especial!

E para celebrar ainda mais a paixão pelos animais, não poderia faltar uma vitrine com zebras simpáticas, que brincam de jogar bolsas e malas com suas patinhas e também emprestam sua padronagem para algumas das vitrines mais “comuns”, por assim dizer, com combinações de cores diversas.

Nossa zebrinha favorita, brincando com bolsas LV

A estampa de zebra aparece repaginada nas vitrines da LV

Todos as vitrines são tão lindas que não conseguimos escolher uma favorita.

Quer saber mais sobre quem criou todos os bichinhos cenográficos? Então basta clicar aqui para saber mais sobre Billie Achilleos e seu trabalho.

Fotos: Modelizing, Mes Vitrines NYC

Read Full Post »

O Dia dos Namorados é comemorado no dia 14 de fevereiro em vários países e até agora a vitrine que mais chamou nossa atenção foi a da tradicional joalheria Tiffany & Co. Super delicada e romântica, a vitrine aposta em elementos tradicionalmente associados ao universo feminino, como  objetos usados para bordar. Mais interessante ainda é perceber que a linha e alguns dos pontos bordados nos bastidores são feitos em neon.

Mais uma vitrine da Tiffany aqui.

Fotos: Modelizing, by Julia Chesky

Our special thanks to Julia Chesky, from Modelizing. We just love your pictures!

Read Full Post »

Fachada da flagship store da Dior, em NY

Nada melhor para iluminar nosso dia do que esse desenho da Lady Dior em neon (lembram que apontamos o uso do neon nas vitrines como tendência aqui?), no exterior da flagship store da maison, em Nova Iorque. BOM DIA!

Mais post sobre neon nas vitrines aqui, aqui e aqui.

Mais sobre como a Dior aproveita sua fachada para divulgar a marca aqui.

Foto: Julia Chesky, do Modelizing

Read Full Post »

Older Posts »