Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘muggia’

Não pudemos deixar de reparar que os blocos estão super em alta nos projetos de visual merchandising que vemos por aí. Sua forma simples, clean e lúdica nos permite “brincar” com a exposição dos produtos, dispondo-os de diversas maneiras e, assim, conferindo ao ambiente um ar de novidade a cada dia ou semana.

Blocos de concreto na loja Pierre Hardy, em NY

As escadas da Puma são uma forma simplificada do cubo, usando apenas uma de suas faces

Quando não estão presos as paredes, melhor ainda! Podemos montar pilares, estantes e displays de diversos formatos usando apenas os cubos. O efeito é sempre sofisticado, os produtos ganham destaque e o interior das lojas, movimento. Também percebemos que com a exposição de produtos em blocos, os consumidores se sentem mais livres para tocá-los e isso pode ser decisivo na decisão de compra.

Caixas retangulares ou quadradas, quando feitas em determinados materiais, ainda conseguem ser duplamente interessantes: além de permitir a mobilidade e criação de displays totalmente diferentes, representam um passo importante para a sustentabilidade. Abaixo, temos dois bons exemplos disso: os displays da loja Smithfield, no Reino Unido, e o display usado pela carioca Muggia são feitos com caixas de papelão.

Caixas de papelão reunidas em um mega display, na Smithfield Menswear

Caixas de papelão também apareceram no stand da Muggia

E como acabamos de ver, na loja OPUS Shop, os displays em forma de cubo, presos a parede, dão o destaque necessário ao pequeno produto vendido pela marca, como vemos abaixo.

Ganchos para pendurar bolsas ganham destaque em displays em forma de cubo

Para encerrar, que tal conferir esse maravilhoso projeto da Commes des Garçons? Blocos brancos com pequenos detalhes coloridos por todos os lados e, ainda assim, o efeito não poderia ser mais impactante e bonito!

 

Só nos resta perguntar se trata-se de um caso de “referência ou coincidência?” ou uma super tendência para visual mrchandising! O que vocês acham?

Fotos: VMSD, Reprodução

Read Full Post »

Reciclagem, upcycling, downcycling, sustentabilidade… Assuntos que já fazem parte do nosso cotidiano e que, às vezes, tendemos a achar que são apenas “modas passageiras”. No varejo de moda, muito além de preocupação com produção que obedeça determinados padrões, várias marcas estão expandindo suas preocupações com os assuntos acima citados para a área de merchandising visual e descobrindo que, quando bem planejado e de acordo com os valores e o espírito da marca, um projeto com materiais reciclados e reaproveitados pode ser tão bonito, eficaz e interessante quanto qualquer outro!

Stand da Muggia, no Rio-à-Porter: caixas de papelão na decoração e servindo de display

A carioca Muggia apostou em caixas de papelão para o VM do seu stand no Rio-à-Porter, no começo do ano. O projeto nos lembrou muito o da marca Smithfield Menswear, que também trabalhou com caixotes de papelão, economizando e criando um ambiente que, além de sustentável, pode ganhar um visual novo a cada dia – basta reorganizar as caixas e pronto!

Smithfield: ambiente sustentável, econômico, interessante e dinâmico

Paletes de madeira também são uma excelente opção para projetos diferenciados, funcionando tanto como displays, quanto como suporte para manequins, como no caso do stand da marca Reserva, também no Rio-à-Porter. Reparem que mesmo quando não são pintados, os paletes são objetos interessantes e que garantem uma “aquecida” ao projeto, principalmente quando feitos em madeira.

Paletes empilhados, pintados e com carimbo da marca, recheados com pedras, viraram lindos displays num stand da Bread & Butter

Paletes de madeira servem de suporte no stand da Reserva

Não sabemos de que marca é essa loja, porém adoramos o efeito que os paletes ajudaram a criar

E que tal usar sacos de areia com base para mesas expositoras? Parece loucura, mas garantimos que o efeito é incrível! Basta conferir a foto abaixo para ver como algo tão simples pode causar uma impressão tão forte e, ainda por cima, se tornar um diferencial.

Simples, lindo e capaz de causar impacto: sacos de areia viram suporte para mesas expositoras

Finalmente, conforme vimos em vários stands na Bread & Butter, em Berlim, estruturas industriais e metálicas fazem o maior sucesso quando usadas em stands e lojas, criando um ambiente contemporâneo, inovador e que destaca bastante as peças expostas, devido ao contraste entre peso e leveza.

Andaimes num stand durante o Rio-à-Porter

Grades metálicas, combinadas com ganchos metálicos, placas de madeira e paletes dão destaque aos produtos expostos

Fotos: Telma Aguiar, 11.16, Acervo Âme Consultoria/Reprodução

Read Full Post »