Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘néon’

Replay e Reserva apostaram em paredes forradas por vegetação verde e letreiros de neon vermelho, mas será que foi coincidência ou referência? Comparem…

Flagship store da Replay, em Florença

Detalhe da loja Replay

Loja Reserva, no Shopping Iguatemi, SP

Detalhe da loja Reserva

Fotos: ReproduçNao

 

Read Full Post »

A Páscoa já passou, mas mesmo antes dela chegar, algumas marcas preferiram focar no Dia das Mães ao invés de apostar no evento marcado pela troca de chocolates e outras delícias. Andamos por aí e achamos algumas vitrines inspiradas pela data. Também encontramos algumas imagens de vitrines interessantes para homenagear as mamães queridas.

Vitrine Uncle K. : flores vermelhas com formato especial ao invés das tradicionais rosas vermelhas

Vitrine Maria Filó: letras em diferentes tamanhos combinando com a coleção de inverno - super tendência!

Vitrine Santa Lolla: manutenção da vitrine da coleção de inverno com corações em acrílico vermelho espalhados, dentro do espírito tradicional de Dia das Mães

Vitrine Hering (2008): recadinhos para as mamães na vitrine - interação com o consumidor

Vitrine de uma marca italiana: dizeres especiais sobre as mamães - simples e tradicional, ainda aproveita para informar ao consumidor sobre desconto especial

Vitrine de marca desconhecida: color block + neon + dia das mães - simples e dentro da tendência

Fotos: Acervo Âme Consultoria, Ispira, Fashion Bubbles e Necessário Experiência

Read Full Post »

Todo mundo conhece e admira o trabalho do artista David La Chapelle, não é? Além de diretor de documentário e fotógrafo celebrado, ele também deu o ar da graça no universo das vitrines da Selfridges em 2006.

Bela amostra de imagens by La Chapelle

O trabalho do artista é marcado por cores vibrantes, então achamos perfeito o uso de neon para uma vitrine inspirada nas imagens que ele cria.

YEAH!

Fotos: Billie Achilleos, Funky Space Monkey

Read Full Post »

As vitrines da Barneys New York ganharam fama e notoriedade ao longo do anos graças ao trabalho do visionário Simon Doonan, que ficou no comando do departamento de visual merchandising da empresa por duas décadas (ele até lançou um livro, no qual conta suas aventuras no universo do VM, chamado Confessions of a Window Dresser ).

Fachada da Barneys New York

A empresa começa agora um novo capítulo na sua história de vitrines inovadoras e comentadas, sob a tutela do novo diretor criativo, Dennis Freedman. Como podemos ver abaixo, parece que Freedman acertou logo de primeira.

Fotos: Barneys NY, Modelizing

 

Read Full Post »

Fachada da flagship store da Dior, em NY

Nada melhor para iluminar nosso dia do que esse desenho da Lady Dior em neon (lembram que apontamos o uso do neon nas vitrines como tendência aqui?), no exterior da flagship store da maison, em Nova Iorque. BOM DIA!

Mais post sobre neon nas vitrines aqui, aqui e aqui.

Mais sobre como a Dior aproveita sua fachada para divulgar a marca aqui.

Foto: Julia Chesky, do Modelizing

Read Full Post »

Selecionamos um algumas fotos e deixaremos para vocês decidirem se é tendência ou coincidência. Have fun!

1 – GIGANTISMO

Depois de alguns posts e muitas fotos, percebemos que várias marcas resolveram aderir à versão super size de alguns elementos em suas vitrines, exteriores e até interiores (dependendo da área do ponto comercial). Chamar atenção é pouco: as cenografias gigantes também trabalham os elementos-chaves das marcas, que fazem parte do seu DNA.

Elementos gigantes na Chanel,Stella McCartney e Hermès

 

2 – FIAT LUX – LÂMPADAS

Mostramos aqui uma instalação linda em Londres, toda feita com lâmpadas gigantes, e algumas lâmpadas com shapes diferentes. E adoramos ver as lâmpadas tradicionais no interior da flagship store da C&A, em São Paulo. Também achamos bem curiosa uma luminária que consiste numa lâmpada gigante. Basta pendurar no teto de casa e pronto!

Luminária em forma de lâmpada gigante, instalação com lâmpadas gigantes em Londres e iluminação especial no pop-up shop da flagship store da C&A

 

3 – NEON LIGHT

As cores neon voltaram com o revival dos ’80s e continuam por aí, só que agora pontualmente. Contudo, a luminosidade e o destaque dessas cores continuou através dos elementos feitos em neon que aparecem em vitrines e interiores, em diversas lojas nacionais e internacionais. A Reserva Mini e a Valen já adotaram, assim como as vitrines da flagship store da C&A. Mais neon em vitrines aqui e aqui.

Neon no interior da Reserva Mini e nas vitrines da Maison Martin Margiela, Nina Ricci e Valen

 

4 – GIGANTISMO + NEON

Amou toda a luminosidade e as cores do neon, mas sua vitrine é enorme e você precisa de algo bem impactante? Que tal unir os dois elementos numa cenografia só? Abaixo alguns exemplos de elementos tamanho gigante feitos em neon ou LED (uma alternativa mais sustentável) e o combo dos dois, separadamente.

LED ou neon nas vitrines da Gucci e da Louis Vuitton e os dois elementos, separadamente, na vitrine da Agent Provocateur

 

5 – REPETIÇÃO

A repetição de elementos nas vitrines é um recurso bem antigo e parece que voltou com tudo nos últimos anos. Assim como acontece com os acessórios (principalmente com os anéis e pulseiras, que atualmente são usados em todos os dedos e nos dois pulsos, em grande quantidade), os manequins e elementos cenográficos podem (e devem) ser repetidos quando queremos causar impacto visual, chamar atenção ou transmitir um conceito importante ao consumidor. Podem ser vários manequins em cores diferentes ou iguais, várias fotos que formam um pano de fundo ou displays especiais que brincam com a própria marca. Mais é mais e mais é tudo!

Manequins da TopShop, displays da Crocs e fotos enormes na vitrine da Bergdorf Goodman

Read Full Post »

Conforme mostramos aqui e aqui, o recurso de usar neon nas vitrines foi muito explorado por várias marcas de prestígio no exterior, de Marc Jacobs a Maison Martin Margiela. Também mostramos que é possível e interessante usá-lo no interior das lojas, como acontece na Reserva Mini, loja dedicada ao público masculino infantil.

Seguindo as mais modernas tendências em vitrinismo e visual merchandising, a nova loja conceito da C&A, inaugurada ao longo da semana passada, usou e abusou do neon em suas vitrines para destacar as parcerias recém-lançadas com Maria Bonita Extra,  Amir Slama e Renato Kherlakian. Todas as 3 vitrines foram concebidas e produzidas pela Vimer, de São Paulo. E preparem-se, porque a cada mês teremos novos recursos cenográficos que prometem chamar nossa atenção!

As vitrines desenvolvidas pela Vimer confirmam a tendência do uso de neon

Fotos: Blog da Vimer

Read Full Post »

Um dos posts mais legais que fizemos essa semana foi sobre o uso de neon nas vitrines, como recurso para “iluminá-las”, além de atrair o consumidor e encantá-lo através de um artifício que fica entre o kitsch e o moderno, com um certo toque de nostalgia.

Por isso não poderíamos deixar de compartilhar com vocês mais fotos de vitrines que surpreenderam através do uso de neon. Perfeito para colorir um final de semana chuvoso, não é?

Vitrine da loja Marc Jacobs, em Paris (março,2010)

Vitrine do lançamento do perfume "Untitled", da Maison Martin Margiela (Printemps, Paris)

Vitrine da Louis Vuitton, Paris

Vitrine da Gucci (detalhe)

Vitrine da Gucci

Vitrine Nina Ricci

Fotos: Journal des Vitrines

Read Full Post »

Néon é um gás nobre incolor, muito leve, presente em pequena quantidade no ar atmosférico, que proporciona um tom arroxeado característico à luz das lâmpadas fluorescentes nas quais o gás é empregado. Nós conhecemos bastante essa aplicação do gás néon graças aos letreiros e sinalizações que, com o passar do tempo, ganharam uma certa conotação kitsch.

Abaixo podemos conferir algumas vitrines que resgataram o néon para dar um toque especial à exposição de produtos e chamar bastante atenção. Para iluminar nossas mentes e nos inspirar ainda mais!

Vitrine da Henri Bendel, em NY

Display de néon dentro da Ricky's, em NY

Letreiro da loja de Christian Louboutin

Instalação de Wilson Brothers,"Raise Your Game", na Nike Store de Londres

E, abaixo, os nossos favoritos: rosas de néon nas vitrines da Louis Vuitton (nossa, como eles investem em produções elaboradas para as vitrines, hein?) durante o lançamento da coleção inspirada no trabalho do artista Stephen Sprouse. Gostamos muito do uso do néon para destacar a tipografia semelhante a usada por Sprouse e as rosas que aparecem estampadas em bolsas, leggings e echarpes da marca francesa, sempre em cores bem vibrantes (amarelo, laranja, rosa e verde, principalmente), conhecidas também como neon colors (cores neón).

A tipografia de Sprouse aplicadaà marca Louis Vuitton, na versão neón

A bolsa LV com a rosa Sprouse estampada e o letreiro de néon no mesmo formato, que ficou exposto em vários lojas da marca

Também são da Louis Vuitton as vitrines em parceria com o artista japonês Takashi Murakami, que trouxe uma explosão de cores e alegria à tradicional marca.

A fachada da loja de seis andares da LV em NY foi coberta pela logo da marca em cores bem coloridas, enquanto em suas vitrines os logos ganharam versão em néon

Logo da LV e outros ícones da marca em versão néon nas vitrines da loja em Tóquio

 

Para conhecer mais sobre letreiros de néon, visite o Neon Museum, onde vários letreiros “aposentados” de Las Vegas contam parte da história da cidade.

Read Full Post »