Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘nikemarketing sensorial’

Não podemos evitar os avanços da tecnologia e adoramos quando ela é bem empregada, ainda mais no mercado de moda. É tão legal ver uma marca com anos de mercado despertar o interesse dos consumidores através de um novo recurso, apostando suas fichas no mistério/curiosidade  ao usar um QR Code ao invés de tradicionais outdoors, como fez a Calvin Klein.

Também mencionamos a utilização da realidade aumentada pela Maria Filó durante o lançamento de uma linha de camisetas de edição limitada, quando abordamos o assunto do marketing sensorial, e pela Tissot. E, finalmente, não podemos esquecer da Nike Bélgica, que promoveu a interação entre vitrine e redes sociais através do QR Code, tornando possível “curtir” os produtos da vitrine após clicar o código colado em seu vidro.

Mas e se toda essa nova onda tecnológica invadisse os interiores das lojas e nos ajudasse a escolher aquela produção especial? Nem sempre carregar mil cabides para dentro de um provador é uma experiência agradável e, ainda por cima, é quase sempre impossível pedir a opinião de um (a) amigo (a), porque a área de provadores pode ser bem pequena, ou restrita às mulheres, ou viver lotada.

A Macy’s resolveu todos esses problemas com o auxílio da realidade aumentada, do Ipad e das redes sociais. Em parceria com a empresa LBi a experiência no provador foi reinventada e poderá ser testada na Macy’s Herald Square durante novembro deste ano. O recurso foi lançado durante o evento Fashion’s Night Out em setembro e já foi experimentado por milhares de pessoas.

O "espelho mágico" da Macy's, a marca de 150 anos que está de olho nos consumidores mais jovens

Dentro de cada cabine do provador o cliente encontrará um espelho de 72 polegadas e multi-touch, além de um Ipad. Em seguida basta escolher a roupa desejada no aplicativo do Ipad e transferir a imagem para o seu reflexo no espelho com apenas um simples movimento do seu pulso. E, naturalmente, as fotos do cliente (tiradas através de uma câmera presa ao espelho) “usando” a roupa poderão ser compartilhadas nas redes sociais ou através de email ou SMS (assim, o feedback dos amigos está garantido, mesmo que eles não possam acompanhá-lo às compras).

Fonte: PSFK

Read Full Post »