Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Prada’

Detalhe de uma loja de sapatos femininos

Gucci

Display da Gucci

Vitrine Bottega Veneta

Detalhe na Bottega Veneta

Prada

Vitrine Chaumet

Vitrine Dior

Macaquinhos e foca na vitrine da Louis Vuitton

Ratinhos na Louis Vuitton

Equilibrista na Louis Vuitton

Burberry

Burberry

Vitrine Hermès

Hermès

Hermès

Moschino

Michael Kors

Mulberry

Vitrine Pronovia, só de vestidos de noivas

Ermenegildo Zegna

Ermenegildo Zegna

Vitrine Myla, só de lingerie

Detalhe para entender como funciona o display

Emporio Armani

Mulberry, St. Christopher's Place

Marimekko, St. Christopher's Place

Vitrine da Other Criteria, do artista Damien Hirst

Fotos: Âme Consultoria, diretamente de Londres

Read Full Post »

Verão é a época perfeita para deixar de lado as tensões, esquecer da rotina e viajar, aproveitando o sol, as férias, a luz… Vimos tantas vitrines na Europa e nos Estados Unidos com malas, cartões postais, fotos de viagem, cenários inspirados em destinos exóticoscarros  e meios de transporte que evocam aventura e viagem que achamos que essa pode ser uma grande tendência, uma mistura de escapismo com caixinha de recordações (o que assegura um belo toque de vintage ou faux heritage ainda no ar). Confiram abaixo algumas delas!

Balões na Louis Vuitton

Adoramos a combinação de movimento com os pequenos balões e o avião, no alto, à direita

Para quem não quer viajar pelo ar, que tal um lindo navio?

Postal vintage na vitrine da Gucci

Malas na vitrine da Prada

Malas e um convite para desbravar novas terras na vitrine da Diesel

Carro com muitas malas e postais e fotos de destinos ensolarados na vitrine da Tezenis

Cenário inspirado no Marrocos, na vitrine da Morgan

Carimbo na vitrine da Morgan bem similar ao que vimos na Gucci

 

Fotos: Journal des Vitrines, Modelizing, Mes Vitrines NYC, Retail Store Windows, The Window Shopper

 

Read Full Post »

…um final de semana colorido (que tal agendar aquela viagem dos sonhos?).

Vitrine Prada

 

Foto: Reprodução

Read Full Post »

Manequim Prada

Referência ou Coincidência? Os manequins Prada, como o da foto acima, apareceram com olhos destacados por cílios e make metálico meses atrás. Recentemente, a Zara resolveu apostar na mesma decoração, como vemos na foto abaixo.

Manequim Zara

Ok, o make do manequim da Zara não é metálico, os cílios são escuros, mas a idéia central é a mesma! Contudo, adoramos o “cabelo” do manequim na foto acima, totalmente minimalista!

Fotos: Modelizing e I Love Shoplifting

Read Full Post »

Adoramos manequins suspensos, que parecem flutuar nas vitrines. Abaixo temos uma pequena seleção para alegrar nosso domingo. Ótima semana para vocês!

Manequins da British Colony, que são suspensos e iluminados

Manequins Dress To

Manequins suspensos num stand na Bread & Butter

Manequins inteiros e suspensos na vitrine da Prada

Fotos: Você View; reprodução

Read Full Post »

Quando vemos muitas marcas (pelo menos duas) usando os mesmo recursos nas vitrines, temos que ficar de olho. Pode ser um mero caso de “referência ou coincidência?”, mas também pode ser uma tendência despontando por aí.

Usar fotos nas vitrines não é nenhuma novidade, mas lá fora elas andavam um pouco esquecidas, dando lugar para outros recursos cenográficos. A Printemps já apostava nas fotos (lembram desse post aqui?) e, pelo visto, continua acreditando: na última vitrine, usou uma série de fotos que contam uma historinha divertida sobre o roubo de uma versão da Torre Eiffel, coberta de diamantes. São nove fotos, uma em cada vitrine, da artista Bettina Rheims.

Vitrine da Printemps, com fotos de Bettina Rheims

Outra empresa que geralmente usa fotos publicitárias nas vitrines é a Prada. Parece que nessa coleção veremos de novo fotos combinadas com manequins e displays.

Vitrine Prada

Armani foi outra marca que usou fotografias, mas ou invés de usá-las como as marcas acima, parece que elas foram ampliadas, recortadas e dispostas de maneira a criar movimento. Interessante!

Vitrine Armani Jeans

Até a Barneys NY, em Nova Iorque, apostou numa grande foto p&b para sua vitrine, que ficou linda e minimalista.

Uma das vitrines da Barneys NY

Por aqui, a marca que sempre aposta em fotos nas vitrines é a Santa Lolla. Até mesmo no showroom as fotos aparecem, dessa vez cercadas por lâmpadas que nos lembram muito aquelas que vimos combinadas com letras gigantes (para saber do que estamos falando, clique aqui).

Foto do Showroom da Santa Lolla, coleção inverno 2011

Mas nem só as fotos estão dando o ar da graça nas vitrines por aí. Também já percebemos que algumas marcas andam de olho em vitrines mais artsy, com ilustrações maravilhosas, como Chanel e Henri Bendel.

Vitrine Chanel, 2011

Vitrine Henri Bendel, NYC, 2011

Em tempos de crise, fotos e ilustrações são recursos mais baratos do que manequins diferenciados e grandes instalações nas vitrines. Apesar da possível tendência sobre manequins decorados e diferentes (sobre os quais falamos aqui e aqui), achamos que muitas marcas poderão recorrer às ilustrações de fotos, misturadas aos manequins que sempre usaram.

Agora é só aguardar e ver o que virá por aí…

Fotos: Mes Vitrines NYC, NYC Windows

Read Full Post »

Existe uma carcaterística interessante em praticamente todas as marcas (nacionais e internacionais) quando a questão é trabalhar com estampas na hora de produzir as vitrines. É muito comum encontrarmos a mesma estampa em duas ou mais peças de roupas (e até em acessórios) em mais de um manequim na mesma vitrine. Isso ajuda a divulgar o mood da coleção durante os meses nos quais ela estará disponível na loja, além da cartela de cores. 

Além de ajudar a construir na mente do consumidor uma determinada imagem ou transmitir uma mensagem, a repetição de estampas também influencia nas vendas, pois uma peça estampada ajuda a vender as demais com a mesma padronagem. Esse processo é ótimo para o trabalho de visual merchandising no interior da loja, afinal, quando uma estampa faz muito sucesso e não são feitas muitas peças com a mesma padronagem, não restam as famosas peças estampadas “pingadas” (peças que “sobram” nas araras, geralmente únicas) que causam grande dor de cabeça aos merchandisers na hora de criar um ambiente visualmente agradável no interior da loja (isso sem falar no risco que a peça estampada “pingada” corre, quando única, de transmitir aos clientes a sensação de “sobra”, “final de coleção”, entre outras conotações negativas).

É claro que trabalhar com produtos estampados envolve responsabilidade e esforço da equipe de merchandising visual e marketing (que irá gerenciar a distribuição dos produtos e, possivelmente, a concentração de peças com a mesma estampa numa determinada loja, evitando o fenômeno das “peças pingadas” e transferências custosas à empresa). Além disso, peças estampadas são normalmente mais caras e difíceis de vender, principalmente em tempos de crise, pois o consumidor acaba apostando em roupas mais básicas que podem ser “reinventadas” diariamente, com a ajuda de acessórios e combinações, o que é um pouco mais complicado com se trabalha com estampas. Ou seja, peças estampadas merecem uma atenção toda especial!

O camuflado da Prada nas roupas, acessórios, manequins e painéis

Aparentemente trabalhar com estampa não é problema para uma marca como Prada. Olhem só a vitrine acima, que apresenta não apenas roupas e acessórios camuflados, bem como manequins e painéis de fundo com a mesma padronagem. O mais interessante é que a marca brincou com a idéia de auto-referência: a estampa trabalhada é uma camuflagem e os manequins e acessórios aparecem nesta mesma padronagem o que resultou numa fusão de todos os elementos com o ambiente, como se não ouvesse começo ou fim.  Realmente chama atenção dos consumidores e curiosos que passam pelo exterior da loja e param por alguns minutos tentando identificar o que está exposto na vitrine.

O detalhe menos camuflado é o pequeno cachorrinho (?) que aparece à esquerda, próximo a um dos manequins

Até mesmo a vitrine com peças voltadas ao público masculino seguiram o conceito da “dupla camuflagem” (estampa camuflada e camuflar o manequim e os acessórios na vitrine).

Quase não dá para ver a camisa social que o manequim está usando, não é?

Depois de ver as fotos dessas vitrines camufladas, só nos resta uma questão: o que será que Prada quer nos dizer? Que devemos nos misturar mais ao ambiente que nos cerca? Apesar da estampa chamativa, será que essa espécie de camuflagem sugere um retorno ao “minimalismo” (não se trata aqui de um visual clean, mas de uma atitude mais simples perante a vida, menos subjetiva e mais coletiva), talvez deixando um pouco de lado o foco no “eu” e sua promoção constante e pensando num envolvimento maior com o que está ao seu redor? Hum, deliramos?O que vocês acham? Aguardaremos os emails e comentários!

Read Full Post »