Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘tiffany & co.’

…um final de semana delicioso!

Tiffany & Co.

Detalhe da vitrine Tiffany & Co.

Detalhe muito fofo!

Delicioso e... muito caro!

 

Fotos: The Window Shopper

Read Full Post »

Usar miniaturas na vitrine é um recurso encantador e que sempre atrai muita atenção. Já falamos sobre as miniaturas da Tiffany & Co., da marca Antonio Bernardo, da H.Stern, da Kleinfeld Bridal, Uniqlo e até da Hermès.

Vitrine da Antonio Bernardo

Detalhe da Vitrine Uniqlo

Vitrine Tiffany & Co.

Vitrine H.Stern

Vitrine da Hermès

Vitrine da Hermès

Parece, contudo, que a marca que está apostando tudo nas miniaturas é a Louis Vuitton. Já vimos miniaturas de zebra e até mesmo da Rainha da Inglaterra, expostas na vitrine durante as festividades do casamento real de William e Kate (que aconteceu esse ano e inspirou muitas vitrines, como vimos aqui e aqui). Agora, a marca aposta em miniaturas de criadas, com uniformes bem tradicionais e que são uma gracinha!

Zebrinhas equilibrando as desejadas e coloridas bolsas LV

As Rainhas da Inglaterra em miniatura

No detalhe, vemos as Pequenas Elizabeths. É muita fofura!

Recentemente, as pequenas criadas tomaram conta das vitrines da LV

Será que veremos miniaturas por aqui também?

Fotos: Acervo Âme Consultoria; Haute World, The Dolls Factory, Welcome to Blue World, Alan Bennett Ilagan

Read Full Post »

A Tiffany & Co. é famosa mundialmente, entre outras coisas, por suas alianças de noivado/casamento. São vários os modelos, capazes de agradar a todas as mulheres. Pelo site, podemos conferir detalhes sobre a lapidação dos diamantes, formatos e materiais.

Detalhe do site, no qual podemos testar várias combinações de acordo com os nossos sonhos

Tiffany Legacy, Tiffany Bezet, Lucida and Tiffany Novo - alguns dos modelos mais famosos

Quem não gostaria de receber uma proposta de casamento, acompanhada de um anel da Tiffany, não é? Muitas pessoas acham que, modernamente, esse tipo de “evento” perdeu seu valor, sua importância, mas nós não concordamos. Os sonhos mais íntimos de muitas mulheres continuam os mesmos e casar, sem dúvida alguma, ainda é um deles. Noivas modernas, contudo, merecem propostas de casamento diferenciadas. E tendo em vista tudo isso, a Tiffany produziu vitrines emocionantes, com propostas de casamento perfeitas para as noivas contemporâneas.

Proposta via SMS no iPhone

No detalhe, uma historinha especial, cujo final já conhecemos, para nos envolver no "clima" da vitrine

Hora de ganhar as chaves de casa (e algo mais!)

Detalhe da vitrine acima, o bilhete escrito manualmente, no qual se lê: "venha e vá como você desejar, mas fique comigo ara sempre"

Para entrar no espírito romântico do post, nada melhor do que conferir a campanha da marca.

E para ver mais fotos das vitrines com pedidos de casamento modernos, basta clicar aqui.

Fotos: NYC Loves NYC, reprodução

Read Full Post »

Estamos sentindo um clima artsy no ar, não apenas em algumas coleções já nas nossas lojas, como nas vitrines lá fora. Respingos de tinta aparecem em várias peças, evocando as roupas que os artistas usam durante seu processo criativo e acabam sofrendo interferência de produtos usados em telas e outros suportes. Vitrines evocam obras de grandes artistas, como Magritte (mostramos a vitrine da Tiffany inspirada em obras surrealistas aqui e em outras, aqui).

Uma das vitrines Tiffany & Co., inspirada no universo surrealista

Moda e arte sempre andaram de mãos juntas e podemos enxergar a influência de alguns artistas e suas obras aqui e ali. Também é muito interessante ver que algumas marcas se inspiram em cores que levam o nome de determinado artista, como o “Azul Klein“.

Aliás, a cor azul está em alta: aparece na cenografia de várias vitrines, pontuando objetos cenográficos e, muitas vezes, evocando essa ligação com o mundo da arte.

A  marca carioca Ágatha, para a coleção inverno 2011, trouxe uma vitrine com clima industrial, pontuada pelo forte azul. A cor também aparece em várias peças da coleção.

Vitrine Ágatha, inverno 2011

Outra marca que usou em sua vitrine objetos decorativos com detalhes na cor azul foi a Pucci. A marca apostou em vários objetos de louça, mesclando branco e azul. Alguns deles levam o nome da marca estampado; outros, a famosa assinatura de Emilio Pucci.

Já a marca francesa Citadium apostou não só no azul, mas também na obra de Jackson Pollock e em referências médicas para criar sua vitrine-temática denominada Blue Art Therapy.

 

Esse detalhe da vitrine nos lembrou muito a obra de Pollock

 

Uma das muitas obras de Pollock, representante da action painting

 

A Citadium combinou o artsy, o azul e referências médicas

 

E que tal esse painel com borrões de tinta azul que nos lembram os testes Rorschach

Difícil mesmo é escolher uma favorita… Isso sem falar na tremenda “referência ou coincidência?” que rolou entre as vitrines acima, não é?

Fotos: Journal des Vitrines, Retail Store Windows, Ágatha, I Love Shoplifting

Read Full Post »

REFERÊNCIA OU COINCIDÊNCIA? Olhamos para a vitrine da Tiffany & Co. e nos lembramos dos quadros de Magritte.

Vitrine Tiffany & Co.

Fonte: NYC Windows, Art Knowledge

Read Full Post »

Várias vitrines de primavera já estão prontinhas lá fora e nós estamos de olho, claro, para saber quais serão as próximas tendências e inovações quando o assunto é visual merchandising.

Observando as vitrines de primavera da Anthropologie e da Bergdorf Goodman, sentimos uma leve brisa de inspiração marítima. Em ambas vitrines, a cenografia nos lembrou plantas e animais marinhos, numa explosão de formas e cores.

Vitrine Anthropologie, fevereiro 2011

A cenografia nos lembra um ouriço e, às vezes, plantas aquáticas

Detalhe da produção no manequim - tudo bem artesanal

Não podemos deixar de perceber que a cor laranja-Hermès pontua a vitrine, combinada com tons mais neutros. Será uma tendência surgindo no horizonte?

Já na vitrine da Bergdorf Goodman, a cenografia é uma instalação do artista Jason Hackenwerth, que parece ser feita com balões de gás, de formas diversas e unidos para formar painéis e “bichos” gigantescos. Impossível não lembrar de corais,algas e outros elementos marinhos, não é?

Explosão de cores e formas na vitrine da Bergdorf Goodman

Olha lá o laranja-Hermès!

Cores quentes que celebram a principal inspiração das coleções de primavera-verão: YSL

Color blocking puro, não é? As cores fortes também foram escolhidas por conta da principal fonte de inspiração de muitos estilistas para suas coleções de primavera-verão: o legado de YSL, que sempre abusou de cores dramáticas.

Outra marca que usou o fundo do mar como inspiração foi Moschino, com muitas conchas, peixes e bolhas.

Vitrine Moschino; NY, janeiro de 2011

Vitrines mais antigas já usaram o mundo marinho como fonte de inspiração. A Tiffany & Co. colocou corais misturados com jóias em suas vitrines para chamar atenção para a extinção da espécie;

Vitrine da Tiffany & Co. de junho de 2009

E que tal essa vitrine (não sabemos de qual marca ela é), cheia de estrelas de mar e outros elementos aquáticos em cores neon?

Tons neon, com destaque para o laranja - hum, será que já é tendência?

Outra marca que apostou no conceito de fundo do mar foi a Moncler, em NYC.

Mergulhadores com blusas navy

Atenção para as lâmpadas redondinhas que também aparecem combinadas com letras gigantes e várias vitrines por aí, na forma de letreiros. Super tendência!

Enfim, já estamos contando com duas novas tendências: fundo do mar e laranja-Hermès. Resta saber o que se confirmará ou não. Enquanto isso, para não perder o nosso lado brincalhão, não poderíamos deixar de postar essa foto. Se existissem sereias e lojas no fundo do mar, os manequins seriam todos assim, inspirados na Ariel. Super fofo!

Vitrine inspirada na Pequena Sereia, na Disney

Fonte: Anthropologie, Bergdorf Goodman, Tree Hugger, Fashion Windows, Modelizing

 

Read Full Post »

Falamos aqui sobre as incríveis miniaturas nas vitrines das lojas Antonio Bernardo, lembram?O mais legal é que as miniaturas eram do próprio designer de jóias e foram feitas em parceria com o Instituto Nacional de Tecnologia.

O designer de jóias Antonio Bernardor "encolheu" e foi parar dentro da vitrine da sua marca

Descobrimos que outras joalherias investiram em miniaturas muito criativas em suas vitrines, criando displays animados, emocionantes ou temáticos, que capturam a nossa atenção, encantam e, principalmente, dão destaque aos produtos que, proporcionalmente aos que são normalmente expostos em vitrines, possuem dimensões bem reduzidas.

A Tiffany & Co. usou miniaturas para divulgar sua coleção de pingentes em forma de chave, com ajuda de uma bela iluminação que acaba participando da cenografia, criando um jogo de luz e sombra em alguns displays.

Outra empresa nacional que investe em vitrines bem trabalhadas é a H. Stern. Já foram tantas as vitrines interessantes e que usaram miniaturas que perdemos as contas, mas duas merecem a menção aqui: a primeira é uma vitrine de Natal, onde a empresa criou pequenas representações de uma oficina de jóias (ou seria a fábrica de jóias de Papai Noel?), onde podemos ver ourives trabalhando em suas criações; a outra foi feita especialmente para o lançamento da coleção em homenagem a Niemeyer, com maquetes de alguns dos principais projetos do famoso arquiteto.

Será uma tendêcia para esse tipo de negócio? Tomara que sim, afinal quem não gosta de miniaturas e jóias?

Foto Antonio Bernardo: JC3

Fotos da Tiffany & Co.: Retail Store Windows

Fotos da H. Stern: Modalogia , Pantanal Shopping, Shutter Voice

Read Full Post »