Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Barneys’

Para vocês conferirem em primeira mão como foi a performance de Daphne Guinnessontem, em plena vitrine da Barneys, antes de ir para o baile de gala do MET, em homenagem a Alexander McQueen.

Read Full Post »

Barneys e Saks Fifth Avenue deram o pontapé inicial ao assunto mais falado do momento no mundo da moda (depois do vestido de Kate Middleton e dos chapéus e fascinators usados durante o casamento real): a exposição Alexander McQueen: Beauty Savage. E é claro que a Bergdorf Goodman não ficaria fora dessa McQueen Mania que invadiu NY desde semana passada!

Conseguimos não só fotos do backstage da produção das vitrines, como também fotos tiradas durante seu lançamento, que aconteceu hoje, dia 02/05.

Projeto das vitrines em homenagem a McQueen

Montagem da cenografia

Produção de objetos cenográficos inspirados nas criações de McQueen

Manequins sendo preparados com peças McQueen

Mais detalhes dos bastidores da montagem das vitrines

O resultado? Bem, como a empresa é a Bergdorf Goodman, é claro que não ficamos decepcionadas! Em uma das vitrines, um anjo moderno, com um toque de rebeldia (reparem bem no moicano), asas gigantescas e usando uma criação do estilista flutua sobre um pedestal com o nome do estilista.

Anjo rebelde usando roupas e acessórios by McQueen

Um pouco de gabinete de curiosidades, um pouco de floresta exótica – tudo aquilo que serviu de pano de fundo para as coleções e para os desfiles memoráveis da marca estará representado nas vitrines da Bergdorf Goodman. Coroas gigantescas, bandeiras britânicas, armaduras completas e até mesmo tesouras em referência ao universo e Savile Row (onde McQueen começou sua carreira, trabalhando com alfaiataria) ajudam a criar o ambiente perfeito para relembrar um pouco do universo mágico, dramático e impactante criado pelo estilista coleção após coleção. Todas as peças usadas na vitrine são criações do estilista e fazem parte do acervo da Bergdorf Goodman.

God save McQueen: referências ao universo do estilista aparecem em todas as vitrines da BG

Em todas as vitrines existe um adesivo que explica a homenagem e informa sobre a exposição no MET de NY

Mais fotos sobre manequins, cenografia e detalhes das vitrines em homenagem a McQueen você encontra aqui.

Fotos: Hint, Racked NY, Bloginity

Read Full Post »

Grandes lojas de departamento em NY celebram a inauguração da exposição Alexander McQueen: Savage Beauty, que correrá no próximo dia 4 de maio, no The Costume Institute do Metropolitan Museum of Art. Falamos sobre o evento aqui, quando soubemos que Daphne Guinness faria uma performance dentro da vitrine da Barneys, usando todo seu acervo de roupas criadas por McQueen (inclusive as que pertenciam à amiga e mentora do estilista, Isabella Blow). Segundo foi divulgado, Guinness trocará de roupa para o baile do MET dentro da própria vitrine!

Alexander McQueen entre duas de suas criações, que estarão em exposição a partir do dia 4/05/2011

Alexander McQueen e Isabella Blow, na foto "Burning Down The House" (1997), de David LaChapelle

Um ano após a morte inesperada do estilista, que se suicidou em seu apartamento em Londres no ano passado, o mundo celebra sua memória, seu poder criativo e sua capacidade de transgredir sem, contudo, abrir mão da beleza (McQueen criou novos padrões estéticos e foi uma grande influência no mundo da moda, unido técnicas de alfaiataria de Savile Row, referências artísticas e um toque de humor peculiar). Outra grande homenagem aconteceu semana passada, quando o mundo inteiro comentou sobre o vestido de Kate Middleton, criado pela sucessora de McQueen no comando criativo de sua marca. A escolha de Kate, que foi protegida como um verdadeiro segredo de estado, foi vista pela imprensa de moda como um sinal de que os tempos são outros, até mesmo para a monarquia, que está se abrindo para o mundo contemporâneo.

Kate Middleton e sua irmã usam criações da marca Alexander McQueen

Aproveitando o espírito de celebração e homenagem que paira no ar, a Saks Fifth Avenue resolveu produzir suas vitrines com peças de acervo da marca McQueen. Colleen Sherin, diretora de moda da loja de departamentos, disse que o foco foram as criações do estilista para as coleções de primavera 2003 e 2008 (esta última muito especial, pois tratava-se de uma homenagem que McQueen prestou à amiga Isabella Blow, após seu suicídio em maio de 2007) e que McQueen tinha um talento especial para contar histórias fantásticas que sempre nos deixavam impressões profundas.

Excelente escolha da Saks para reforçar sua colocação no mercado como empresa do varejo de moda antenada com os acontecimentos culturais dentro do seu universo. Além disso, a empresa cria um vínculo com eventos importantes hospedados na cidade, de certa forma, estabelece uma conexão não apenas com seus consumidores, mas também com todos os moradores de NY.

Ótima dica para quem já está em NY ou com viagem marcada para a cidade!

Fotos: Canal da Moda, Saks, reprodução

Read Full Post »

Há um ano atrás, no dia 11 de fevereiro de 2010,  o mundo perdeu Alexander McQueen, talentoso e inovador designer de moda. Uma de suas musas e herdeira do império Guinness, Daphne Guinness,  resolveu prestar uma homenagem tão polêmica quanto o próprio estilista britânico: junto com a tradicional Barneys, em NY, fará performances dentro das vitrines da loja, na Madison Avenue, no evento chamado Fashion as Art. Tudo isso acontecerá a partir do dia 2 de maio, na mesma data de abertura da exposição Alexander McQueen: Savage Beauty (de 4 de maio até 31 de julho), no Costume Institute.

À esquerda, Daphne Guinness, com um look completo br McQueen, direto da passarela (à direita)

Daphne é dona de uma vasta coleção de peças McQueen, inclusive toda a coleção que, um dia, foi de Isabella Blow (jornalista e editora de moda britânica, amiga pessoal do estilista e sua mentora, que infelizmente também se suicidou e que comprou toda a coleção de formatura de McQueen).

Um preview da exposição Alexander McQueen: Beauty Savage

O ponto alto da parceria com a Barneys acontecerá no mesmo dia do baile promovido pelo Metropolitan Museum of Art (MET), quando Guinness fará uma performance especial: ela pretende se vestir para o internacionalmente famoso baile dentro da vitrine.

Essa é pra anotar na agenda e conferir, ainda que via internet!

Fonte: Hint Mag, The Guardian

Read Full Post »

…um final de semana delicioso, com um belo toque gourmet!

Vitrine de Natal da Barneys, 2010

Foto: Retail Refugees

Read Full Post »

Quando vemos muitas marcas (pelo menos duas) usando os mesmo recursos nas vitrines, temos que ficar de olho. Pode ser um mero caso de “referência ou coincidência?”, mas também pode ser uma tendência despontando por aí.

Usar fotos nas vitrines não é nenhuma novidade, mas lá fora elas andavam um pouco esquecidas, dando lugar para outros recursos cenográficos. A Printemps já apostava nas fotos (lembram desse post aqui?) e, pelo visto, continua acreditando: na última vitrine, usou uma série de fotos que contam uma historinha divertida sobre o roubo de uma versão da Torre Eiffel, coberta de diamantes. São nove fotos, uma em cada vitrine, da artista Bettina Rheims.

Vitrine da Printemps, com fotos de Bettina Rheims

Outra empresa que geralmente usa fotos publicitárias nas vitrines é a Prada. Parece que nessa coleção veremos de novo fotos combinadas com manequins e displays.

Vitrine Prada

Armani foi outra marca que usou fotografias, mas ou invés de usá-las como as marcas acima, parece que elas foram ampliadas, recortadas e dispostas de maneira a criar movimento. Interessante!

Vitrine Armani Jeans

Até a Barneys NY, em Nova Iorque, apostou numa grande foto p&b para sua vitrine, que ficou linda e minimalista.

Uma das vitrines da Barneys NY

Por aqui, a marca que sempre aposta em fotos nas vitrines é a Santa Lolla. Até mesmo no showroom as fotos aparecem, dessa vez cercadas por lâmpadas que nos lembram muito aquelas que vimos combinadas com letras gigantes (para saber do que estamos falando, clique aqui).

Foto do Showroom da Santa Lolla, coleção inverno 2011

Mas nem só as fotos estão dando o ar da graça nas vitrines por aí. Também já percebemos que algumas marcas andam de olho em vitrines mais artsy, com ilustrações maravilhosas, como Chanel e Henri Bendel.

Vitrine Chanel, 2011

Vitrine Henri Bendel, NYC, 2011

Em tempos de crise, fotos e ilustrações são recursos mais baratos do que manequins diferenciados e grandes instalações nas vitrines. Apesar da possível tendência sobre manequins decorados e diferentes (sobre os quais falamos aqui e aqui), achamos que muitas marcas poderão recorrer às ilustrações de fotos, misturadas aos manequins que sempre usaram.

Agora é só aguardar e ver o que virá por aí…

Fotos: Mes Vitrines NYC, NYC Windows

Read Full Post »

As vitrines da Barneys New York ganharam fama e notoriedade ao longo do anos graças ao trabalho do visionário Simon Doonan, que ficou no comando do departamento de visual merchandising da empresa por duas décadas (ele até lançou um livro, no qual conta suas aventuras no universo do VM, chamado Confessions of a Window Dresser ).

Fachada da Barneys New York

A empresa começa agora um novo capítulo na sua história de vitrines inovadoras e comentadas, sob a tutela do novo diretor criativo, Dennis Freedman. Como podemos ver abaixo, parece que Freedman acertou logo de primeira.

Fotos: Barneys NY, Modelizing

 

Read Full Post »

Older Posts »